Como fazer um gerador eólico residencial?

4.464 views
Gerador eólico caseiro
Foto: Rota Energia

Fontes de energia renováveis também estão acessíveis às residências e a procura por soluções para economia de energia elétrica vai além dos conhecidos painéis solares para o aquecimento de água e geração de energia. Outra solução pode ser usada, o gerador eólico residencial. Fora do Brasil ele é muito usado, mas por aqui ele é visto principalmente em regiões afastadas ou nas quais a distribuição de energia é ineficiente. Em áreas rurais a energia eólica gerada por esses equipamentos já é usada para o bombeamento de água há muitos anos.

Com materiais simples você pode fazer um gerador eólico residencial de pequeno porte. Com canos de PVC para a construção das hélices, um dínamo de bicicleta, cabos elétricos, porcas, parafusos, arruelas e uma estrutura para servir de torre você pode construir um gerador eólico. Obviamente esse gerador não é capaz de suprir todas as necessidades de energia elétrica em uma residência, mas pode ajudar a reduzir a conta de luz e suprir em caso de falta de energia. Existem diversos projetos de aerogeradores disponíveis na internet.

Gerador eólico caseiro
Foto: Meio Século Aprendizagens

Não recomendamos que a instalação de um gerador eólico residencial seja feita sem que exista a realização de um estudo prévio com relação aos aspectos locais e metrológicos. A instalação de aerogeradores exige a observação atenta quanto ao comportamento dos ventos.

É preciso advertir que a energia eólica nem sempre é eficiente, já que o gerador necessita da força dos ventos para gerar energia. O ideal é que o gerador eólico residencial seja instalado em uma área plana e aberta e na qual não exista a interferência de árvores e de grandes construções. Também é necessário se certificar de que o local escolhido dispõe de ventos fortes o bastante para manter o gerador eólico residencial em funcionamento para, a seguir, poder estabelecer a direção predominante do vento.

A altura é outro fator a ser levado em conta para fazer o gerador eólico residencial funcionar. É preciso avaliar se a construção de uma torre é necessária para aproveitar a força do vento, pois quanto mais alto, maior será a intensidade e mais livre ele estará das turbulências geradas pelo terreno e por construções próximas. O telhado de uma casa não é um bom local para a construção de um gerador eólico residencial, justamente por isso. É importante alertar que os geradores eólicos residenciais de tamanho maior podem provocar ruídos e interferir na paisagem local.

Gerador eólico caseiro
Foto: Decoração e Casa

Outra preocupação existente é quanto à legislação para instalação desse tipo de estrutura, principalmente em áreas urbanas nas quais pode haver restrição quanto à altura de determinadas estruturas. Não existe uma regulamentação nacional específica quanto à instalação doméstica desses equipamentos. Por aqui ainda não é possível vender o excedente às empresas de energia elétrica produzida por um gerador eólico residencial como em outros países em que a geração de energia nas casas está mais difundida.

A rede elétrica brasileira não está preparada para receber essa carga de energia excedente proveniente de fontes produtoras como, por exemplo, a de painéis solares. O problema pode ser solucionado com a aquisição de baterias para o armazenamento da energia gerada. Outro item a ser adquirido é o relógio medidor de consumo de energia para mensurar a quantidade de energia elétrica gerada pelo gerador eólico residencial. O medidor também é útil para medir a eficiência do aerogerador em determinados períodos.