Holanda quer desenvolver purificador de ar para conter poluição

427 views

 

Reprodução / Smog Free Park Invento tem 6,5 metros de altura e pode ser facilmente transportado.

A poluição do ar, além de trazer transtornos ambientais, é hoje responsável pelo desencadeamento de doenças que causam a morte de uma em cada oito pessoas no mundo, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Este status de epidemia mundial vem chamando a atenção de inúmeros pesquisadores e cientistas na busca de soluções para o problema.

O artista holandês Daan Roosegaarde também se sentiu alarmado pela situação e projetou a criação de um filtro de ar gigante, capaz de purificar o ar das cidades. A previsão é que o maior purificador de ar do mundo seja construído em setembro em Roterdã, na Holanda. A torre batizada de Smog Free Project foi desenvolvida em colaboração com a empresa ENS Europa e com o professor Bob Ursem, da Universidade de Delf. Tem cerca de 6,5 metros de altura e é capaz de absorver as substâncias que contaminam o ar por meio da tecnologia iônica. Após o processo, o ar limpo é liberado de novo ao ambiente.

Roosegaarde explica, em matéria ao El Mundo, que é possível montar o purificador em um dia e que seu material, bastante leve, pode ser transportado com facilidade. Após a inauguração em Roterdã, o artista espera levar seu projeto a cidades famosas por seus altos índices de poluição, como Pequim e Cidade do México. O projeto contou com um financiamento de 165 milhões de euros, dentro do programa para ar limpo em Roterdã.

Como artista, Roosegaarde também acredita na transformação da natureza e pretende reaproveitar as partículas poluidoras do ar como materiais para a criação de jóias com sua assinatura e design. Segundo ele, a arte também é um fator de transformação social e seu projeto contribui para essa área, bem como para a área ambiental e tecnológica.