Havaí proíbe uso de sacolas plásticas

501 views
© Depositphotos.com / newlight Sacolas têm causado a morte de animais aquáticos.

Um verdadeiro paraíso na Terra, o estado americano do Havaí fez jus à sua riqueza natural e proibiu o uso de sacolinhas plásticas em supermercados e mercearias. A medida passou a valer em julho deste ano.

Embalagens plásticas demoram mais de 500 anos para se decomporem na natureza e segundo dados do PNUMA – Programa Ambiental das Nações Unidas, em 2009, a estimativa era que havia mais de 46 mil fragmentos de lixo plástico boiando a cada 2,5 Km da superfície dos oceanos.

Oahu é a primeira ilha a aderir à nova regra, que é válida para todo o estado do Havaí. A medida foi impulsionada graças ao grupo Surfrider Foundation que conseguiu a aprovação da nova regra nos quatro conselhos municipais em todo o estado.

As sacolas plásticas, quando descartadas, são facilmente carregadas pelos ventos e acabam por se depositarem nos oceanos. Elas causam a morte de inúmeros animais aquáticos que ingerem o material ou se prendem a ele e também são as maiores contribuintes para a poluição dos oceanos.

Disponibilizar embalagens reutilizáveis e educar a população para a importância de modelos de ecobag são medidas que podem contribuir para a diminuição deste tipo de problema sem causar danos ao conforto da população. No Brasil, embora existam campanhas para o uso das sacolas reutilizáveis, as sacolinhas plásticas ainda não tiveram seu uso proibido.