Empresa dos Estados Unidos cria terno que favorece mobilidade de ciclistas

459 views
Terno para ciclista
Foto: parkerdusseau

Nas grandes metrópoles, é comum ver pessoas indo ao trabalho de bicicleta usando roupas formais. Por isso, a Parker Dusseau, empresa instalada em São Francisco, Califórnia (EUA), desenvolveu um tecido específico para quem anda de bike e precisa chegar “composto” ao escritório. Trata-se do Commuter Suit, terno criado com a mesma tecnologia das roupas esportivas que absorvem suor. O design das peças é apropriado para não rasgar durante a pedalada.

A parte de cima do terno é feita uma lã australiana e com elastano-fibra, material usado na produção de calças legging, o qual oferece elasticidade e resistência à umidade. O revestimento da roupa é feito com um tecido que contém maior quantidade de elastano e ainda possui tecnologia que evapora o suor. O casaco possui uma prega na parte de trás que permite aos ciclistas estender completamente os braços com maior facilidade. Além disso, em cada axila existe um zíper que pode ser aberto para trazer mais ventilação.

A camisa social segue a mesma tecnologia do terno. Evapora umidade e ainda possui listas refletivas que favorecem a luminosidade e a segurança do usuário no trânsito.

As calças têm uma cintura que propõe maior elasticidade. Já a parte da virilha tem reforço de tecido que reduz os danos causados pelo atrito com o selim da bicicleta, e na perna direita existe uma cinta embutida para evitar que a calça se prenda à correia da bicicleta. A camisa custa em torno de US$ 145, a calça do terno US$ 245, e o casaco por sai aproximadamente US$ 485. A inovação tem público certo nas metrópoles onde se concentram grande número de pessoas usando bicicleta para realizar suas atividades.

Terno para ciclista
Foto: parkerdusseau