Gestão ambiental promove qualidade da água em rios brasileiros

467 views

 

Duke Energy International
Foto: Divulgação

Processos de purificação de efluentes industriais são importantes para a conservação dos recursos hídricos. Entretanto, evitar a poluição da água já nas regiões das nascentes pode ser considerado como uma atitude preventiva de problemas ambientais. Por isso, a Duke Energy International, administradora de usinas hidrelétricas com filial brasileira, implantou um sistema de preservação de nascentes capaz de assegurar a qualidade da água em uma parte do Rio Paranapanema, o qual corta a cidade de Chavantes. Entre o período de outubro de 2011 a dezembro de 2012 (1ª etapa do projeto), a empresa conseguiu administrar 101 desses locais.

O Projeto denominado “Nascentes Protegidas, Águas para o Futuro”, que tem supervisão de Simone Leite dos Santos, especialista em gestão ambiental da empresa, também prevê um treinamento específico para os profissionais e proprietários rurais interessados na implantação do projeto em seus terrenos, a fim de capacitá-los para o desenvolvimento das atividades em campo. Com a realização desse treinamento formou-se uma equipe que passou a trabalhar em forma de mutirão.

A recuperação da nascente é realizada a partir do método de Caixa de Proteção de nascentes “solo-cimento”. Trata-se de uma estrutura de proteção de nascentes na forma de caixa, confeccionada na própria nascente, composta por pedras e paredes construídas com a massa “solo-cimento”. Essa massa, quando seca, é um material que possui boa resistência à compressão, significativo índice de impermeabilidade, baixa retração volumétrica e durabilidade.

A partir de então, o Órgão de assistência rural passou a localizar e indicar a Duke Energy as nascentes a serem protegidas. Essa indicação leva em consideração, principalmente, o estágio atual ambiental da nascente, a quantidade de famílias abastecidas e o comprometimento dos proprietários. Com esse mapeamento a Duke Energy analisa e define as áreas potenciais a serem trabalhadas. Posteriormente, adquire os materiais necessários para recuperação física e ambiental das nascentes e o repassa para o Órgão de assistência rural que entra em contato com a equipe (técnicos e proprietários) e agenda as datas para recuperação de cada nascente cadastrada.

Além de contribuir com a preservação ambiental, o projeto também beneficia saneamento básico, saúde dos moradores e impulsiona outros projetos ligados à sustentabilidade nas propriedades rurais. Essas práticas sustentáveis renderam à instituição o destaque no banco de ações em sustentabilidade empresarial elencadas no Prêmio Benchmarking Brasil 2013.

Empresa: Duke Energy International

Ação: “Nascentes Protegidas, Águas para o Futuro”

Responsável: Simone Leite dos Santos, Analista de Meio Ambiente.