Construtora elabora sistemas para evitar desperdício de água e reutilizar óleo

312 Visualizações
Usina Hidrelétrica Santo Antônio (RO),
Usina Hidrelétrica Santo Antônio (RO).
Foto: odebrechtenergia

Na cidade de Porto Velho, em Rondônia, o Consórcio Santo Antônio Civil, empreendimento responsável pela construção da Usina Hidrelétrica Santo Antônio (RO), investe na implantação de sistemas capazes de reutilizar substâncias oleosas geradas nas rampas de lavagem de seus equipamentos, visando minimizar os desperdícios de água, óleo e emissão de poluentes, além de maximizar o rendimento de seus recursos. Batizado como “Rampa de Lavagem e Lubrificação Ecológica em Ciclo Fechado”, o projeto tem demonstrado eficácia e retorno financeiro, ou seja, um exemplo de boas práticas.

Coordenado por João Ferolla, engenheiro ambiental, o programa precisou de tempo para ter suas estruturas funcionando completamente, uma vez que o desenvolvimento dos mecanismos progrediu através da observação de resultados. Primeiramente, foi instalado um dispositivo para a coleta e tratamento de óleo, proveniente das lavagens de maquinários e automóveis, porém, os procedimentos não retiravam o forte odor de óleo da água destinada para reuso.

No entanto, para alcançar bons níveis de eficiência em sua execução, a companhia passou a fazer testes em estações de tratamento de água, verificando que tais sistemas obtinham sucesso em diminuir os teores de óleo. Sendo assim, o Consórcio Santo Antônio Civil produziu máquinas com tamanhos mais adequados para suas necessidades, contando com dois dosadores, um decantador, um filtro de areia, brita e carvão ativado.

Após o processo de purificação, a água é medida por um hidrômetro para que os estoques de reuso sejam contabilizados. O sucesso do programa se deve ao estabelecimento de metas anuais implantadas na empresa, que além de evitar o desperdício de H2O, propõe melhor aproveitamento de óleos. Devido ao projeto focado no desenvolvimento de atividades de baixo impacto ambiental, o Consórcio Santo Antônio Civil recebeu o selo de sustentabilidade do Programa Benchmarking 2013, criado pelo Instituto Mais, em 2013.

Empresa: Consórcio Santo Antônio Civil

Ação: “Rampa de Lavagem e Lubrificação Ecológica em Ciclo Fechado”

Responsável: João Ferolla