Ciclistas ganham espaços interativos na zona sul de São Paulo

395 views

Na praça que fica entre a Rua Nova Cidade e a Av. Hélio Pelegrino, na Vila Olímpia, bairro da zona sul de São Paulo, foi criado no início de novembro uma área própria para manutenção de bicicletas e convivência de ciclistas. Já na Rua Padre João Manuel, região da Av. Paulista, uma biblioteca adaptada em um triciclo dispõe gratuitamente material didático educativo para quem passar por lá. As iniciativas têm o objetivo de promover a integração entre pedestres e ciclistas na cidade.

Na praça localizada na Vila Olímpia funciona uma espécie de oficina mecânica para reparo em bicicletas com a disposição de calibrador, paraciclo (aro de metal que serve de estacionamento de bikes) e vaporizador para os ciclistas se refrescarem e retornarem a pedalar. De acordo com Alexandre Frankel, idealizador do projeto Praça da Reinvenção/Bike Point, os serviços da praça ficarão no local por tempo indeterminado. A ideia é implantar em outros pontos da cidade futuramente.

Praça para ciclistas
Foto: Divulgação

Além desse espaço para ciclistas, a nova intervenção urbana próxima a Av. Paulista, conhecidos como parklets – “zonas verdes” de entretenimento criadas no lugar dos estacionamentos para carros –, abrigam uma bicicloteca ou biblioteca ambulante. Na Rua Padre João Manuel o triciclo é adaptado para abrigar dezenas de livros sobre cidadania, trânsito e meio ambiente, os quais serão distribuídos entre os dias 03 e 05 de dezembro no local.

Criada pelo Instituto Mobilidade Verde, a bicicloteca é um triciclo que tem capacidade de carregar 150 kg de livros e ainda possui um sistema diferente das bibliotecas itinerantes comuns. O intuito não é apenas emprestá-los, mas doá-los para outra pessoa após o término da leitura. Os materiais didáticos serão carimbados a fim de lembrar o leitor de doá-los novamente e assim promover um ciclo de leitura permanente.

Parklets
Foto: Divulgação