Norte-americana realiza festas de aniversário para crianças carentes

539 views
Reprodução / Facebook Voluntários do The Birthday Party Project.

Paige Chenault, uma produtora de eventos de Dallas, nos EUA, percebeu que inúmeras crianças moradoras de abrigos não possuem o prazer de desfrutar de uma festa de aniversário bonita e especialmente feita para elas. Então Chenault resolveu criar uma organização sem fins lucrativos que pudesse promover as festinhas com bolo, presentes, decoração e tudo o que uma criança merece. Ela fundou, assim, o “The Birthday Party Project” (Projeto Festa de Aniversário, em tradução livre).

Tudo começou quando Chenault engravidou. Ao sonhar com a chegada de seu pequeno, a futura mamãe geralmente pesquisa sobre festinhas de aniversário infantis e tudo o que envolve o universo de bebês e crianças. Uma matéria chamou a atenção de Chenault: a história de um menino do Haiti que vivia em situação de grande miséria.

A produtora de eventos percebeu que, enquanto seu filho nasceria sob a proteção de uma mãe que pode oferecer tudo de melhor a ele, inúmeras crianças sofrem com o abandono e não têm sequer a emoção de comemorar seus aniversários. Por isso, Chenault logo pensou em uma maneira de amenizar o problema e oferecer festinhas completas às crianças que vivem em abrigos.

Iniciativa solidária já passou por várias cidades

O projeto nasceu em 2012, no estado natal do Texas, onde nasceu Paige. Hoje, o projeto se expandiu para instalações que recebem crianças sem-teto de forma transitória e permanente. Oito cidades dos EUA recebem o projeto, incluindo São Francisco, Chicago, Kansas City, Minneapolis e Nova York. Nessas localidades, voluntários contribuem para que tudo dê certo. Até o fim de 2015, a organização terá promovido 180 festinhas de aniversário. Ao todo, já foram comemorados os anos de mais de 1.350 crianças.

As festas são realizadas uma vez por mês durante um ano em cada abrigo. Dessa maneira, todas as crianças são contempladas, tendo cada uma sua festa em seu mês de nascimento. Os temas das comemorações variam de piratas e princesas a monstros, entre outros.

O projeto se sustenta a partir de doações, sendo que 90% de cada dólar que é arrecadado vão para as festas. Chenault, em matéria veiculada pelo site Yahoo, afirma que a maior realização é ver os rostos das crianças e suas expressões alegres no decorrer da festa. Ela acredita que esses momentos proporcionam uma reunião nas comunidades onde todos se conectam e compartilham suas alegrias.