Usina paranaense fomenta iniciativa para a capacitação de catadores de lixo

337 views
Itaipu Coleta Solidária.

Promovido pela Usina Itaipu Binacional, o projeto “Coleta Solidária” assumiu, desde 2003, um compromisso com os catadores de materiais recicláveis e, ao longo desses anos, desenvolveu uma série de ações para que este segmento social fosse capaz de organizar-se com autonomia política e administrativa. Devido à ação, a usina recebeu o selo de sustentabilidade do Programa Benchmarking Brasil 2014, criado pelo Instituto Mais.

A fim de não perder o foco, articulando as demandas de curto, médio e longo prazo, a iniciativa estruturou-se em eixos de ação, orientados para a formalização dos catadores na gestão pública municipal de resíduos sólidos. Este objetivo, perseguido na Bacia Hidrográfica do Paraná 3, situada no nordeste do estado, e, desde 2009, alcançando outras municipalidades da federação, constitui-se no elo de ligação entre as necessidades pontuais e as de caráter político-nacional.

O cumprimento do que foi proposto, passa pela realização de algumas metas pré-estabelecidas. Entre elas, está fortalecer a organização dos catadores através de formação social, política e cultural, desde o plano local/comunitário até as esferas estaduais, regionais e nacional; apoiar os empreendimentos solidários na captação de recursos e na viabilização de infraestrutura; fomentar as parcerias (Movimento Nacional dos Catadores, Instituto Lixo e Cidadania e outros atores públicos); incentivar a inclusão social dos familiares, erradicando o trabalho infantil no lixo; promover a inclusão de catadores informais nos empreendimentos e no acesso aos benefícios gerados pelas redes solidárias; e organizar e fortalecer empreendimentos solidários formados por catadores, com foco na atuação em rede e logística reversa, de modo a possibilitar avanços na cadeia de valor e inserção no mercado da reciclagem.

Empresa: Itaipu Binacional

Case: “Projeto Coleta Solidária”

Responsável: Stefano

Este case foi certificado pelo Programa Benchmarking Brasil, edição 2014.