Estádios da Copa do Mundo recebem o certificado internacional LEED

562 views
agecombahia Arena Fonte Nova.

No dia 12 de fevereiro, após a última inspeção técnica da FIFA (Federação Internacional de Futebol), a Arena Fonte Nova, na Bahia, foi o primeiro estádio brasileiro a receber o certificado internacional de construção sustentável. Mais conhecido como selo LEED, ele se refere à certificação Leardship in Energy & Environmental Design, o maior reconhecimento internacional em relação às construções sustentáveis.

Recentemente, no dia 18 de junho, mais cinco estádios da Copa do Mundo, construídos ou reformados, foram classificados como ambientalmente corretos. São eles: A Arena Castelão, em Fortaleza; o Mineirão, em Belo Horizonte; a Arena da Amazônia, em Manaus.; a Arena Pernambuco, em Recife; e o Maracanã, no Rio.

Os recursos sustentáveis utilizados na construção e reforma das obras contribuíram para alcançar a certificação. Por exemplo, 20% dos materiais utilizados para a construção da Arena Fonte Nova são de origem reciclada, além de 35% de sua energia ser proveniente de fontes renováveis, como solar e eólica. A Arena Castelão, apresenta 67,6% de redução no consumo de água, 12,7% no consumo anual de energia e 97% dos resíduos da obra foram desviados do aterro sanitário.

Em nota, o diretor executivo do Green Building Council Brasil, Felipe Faria, disse que o Brasil está fazendo história com essas certificações: “Somos gratos pela liderança demonstrada pelos profissionais do mercado e aplaudimos suas realizações. Os diversos elementos sustentáveis incorporados a estes estádios irão reduzir o impacto ambiental dos jogos no Brasil desde o acesso de trânsito a redução do consumo de água e energia”, afirmou.

blogplanalto Arena da Amazônia.