Conheça o projeto inovador que pretende integrar um edifício a uma turbina eólica

367 views

O conceito da obra é puramente sustentável. O imóvel foi projetado para o porto da cidade de Roterdã, na Holanda, e terá capacidade para abrigar apartamentos, quartos de hotéis e salas comerciais dentro de sua moldura de aço e vidro circular. Ele serve também como uma turbina de vento que é silenciosa e não precisa se mover.

Além da produção de energia, as instalações da obra permitirão a captação de água da chuva, a reciclagem da água que escorre pelas torneiras e a produção de biogás a partir dos resíduos orgânicos descartados pelos moradores.

Sua estrutura é composta por dois anéis construídos sobre uma fundação subterrânea e rodeados por zonas úmidas. Isso cria a ilusão de que a estrutura está flutuando. O anel externo possuirá 40 cabines com lindas vistas de Roterdã e seu porto. Já o anel interno será constituído pelos 72 apartamentos, 160 quartos de hotel, estabelecimentos comerciais e um restaurante.

Um dos aspectos mais impressionantes do windwheel é sua turbina. O conversor de energia eólica eletrostática (EWICON) é uma tecnologia que foi desenvolvida na TU Delft e “converte a energia eólica com uma estrutura de tubos de aço em eletricidade sem peças mecânicas em movimento.” Isto significa ausência de ruído e manutenção muito mais fácil.

O projeto foi uma parceria formada pelas empresas BLOC, DoepelStrijkers, Meysters e NBTC Holland que possuem sede em Roterdã. Com o intuito de aliar tecnologia, design e sustentabilidade, além de tudo, ele ainda consegue transmitir uma imagem moderna aos clássicos moinhos de vento, cartões postais holandeses.

Fonte: Inhabitat.com
Fonte: Inhabitat.com
Fonte: Inhabitat.com
Fonte: Inhabitat.com
Fonte: Inhabitat.com
Fonte: Inhabitat.com
Fonte: Inhabitat.com
Fonte: Inhabitat.com