Empresas de energia de SP e RS promovem projetos para reduzir consumo de eletricidade

182 Visualizações
© Depositphotos.com / konstsem Energia elétrica.

Para dois dos líderes do setor de energia elétrica no Brasil, a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) e a Rio Grande Energia (RGE), a educação para Eficiência Energética é mais do que uma adequação à ANEEL, é uma questão tratada no planejamento estratégico das empresas. Desde 1998, já foram investidos cerca de R$ 1,936 milhões em 3.219 projetos ligados ao assunto.

Um dos destaques é o ímpeto das companhias em atingir públicos infanto-juvenis, no intuito garantir resultados mais efetivos. Primeiro se sensibiliza a criança e a escola, e depois a família. Com a notoriedade das ações, a CPFL e a RGE receberam o selo de sustentabilidade do Programa Benchmarking Brasil 2014, criado pelo Instituto Mais.

Com esta visão, as empresas mantêm dois projetos de Educação Energética com formatos distintos, mas propósitos similares. A ideia é apostar em modelos distintos para avaliar a adequação aos públicos e oportunidades inovadoras de aprendizado, servindo de base para desenvolvimento de projetos futuros.

Os dois projetos se desenrolam em duas regiões do país: interior do Estado de São Paulo e no Rio Grande do Sul. O primeiro surgiu em 2010, no sul. Fisicamente, eles apresentam-se como Espaços Educativos Interativos, cujas disposições de materiais e elementos formam grandes Arenas Cênicas.

As iniciativas envolvem arte, cultura, ciência, tecnologia, energia, segurança, eficiência energética e meio ambiente. As arenas são responsáveis por acomodar o Espetáculo Teatral e o Túnel do Conhecimento, com programações abertas ao público.

Para cativar, a estratégia é a diversão, mas os fundamentos estão embasados em conteúdos didáticos, previamente trabalhados em sala de aula com diferentes suportes por jovens em idade escolar, de 6 a 18 anos, que estão frequentando anos iniciais e anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. O envolvimento e a formação dos educadores são fundamentais em todo o processo e ocorrem, paralelamente, por meio de seminários.

Empresa: Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) e Rio Grande Energia (RGE)

Case: “EE_ANEEL: Educacionais CPFL e RGE”

Responsável: Estela Kurts

Este case foi certificado pelo Programa Benchmarking Brasil, edição 2014.