Como amenizar a erosão causada pelo homem?

4.789 views
Erosão
Foto: Secretaria de Agricultura e Abastecimento SP

Reduzir os efeitos causadores da erosão do solo é um dos grandes desafios de sustentabilidade ambiental nas empresas para os próximos anos. A erosão é um processo natural, no qual o solo e as rochas são aos poucos removidos da superfície da Terra, transportados e depositados em outros lugares por agentes naturais como a força gravitacional dos ventos, a água dos rios e marés e o gelo. Entretanto, a atividade humana é o principal catalisador desse processo.

A agricultura intensa praticada de forma imprópria e o despejo incorreto de rejeitos são duas das principais causas da degradação do solo e de responsabilidade das empresas. O agronegócio ocupa lugar de destaque na economia, mas interfere no curso dos rios, despeja toneladas de produtos químicos na natureza e retira grande quantidade de nutrientes do solo. Ações de sustentabilidade capazes de diminuir os impactos da atividade humana, como o manejo do solo na agricultura, permite a utilização desse recurso sem que haja perda de produtividade para os cultivos.

Impactos causados pela atividade industrial e pela exploração de matérias-primas minerais também afetam o solo em grande porção. O lançamento de resíduos é a mais séria consequência dessa atividade. Apesar de não necessariamente contribuir decisivamente para a erosão do solo, a contaminação dessas áreas faz com que haja uma maior escassez de locais para ocupação humana ou para o plantio de culturas.

Desmatamento
Foto: dusantos_bh

O desmatamento é outra razão para a aceleração desse processo. Áreas em que a cobertura vegetal é predominante são menores os efeitos da erosão. Isso porque as raízes de plantas e árvores são capazes de manter o solo agregado, formando uma massa mais sólida e diminuindo a interferência dos agentes naturais da erosão. Plantas rasteiras agem ainda como uma espécie de escudo, não permitindo que a superfície do solo fique exposta ao desgaste natural causado pelo vento e pela chuva.

A proteção de áreas de vegetação é uma das muitas ações de sustentabilidade ambiental ao alcance das empresas para conter a erosão. Além disso, a proteção de rios também é importante para prevenir a degradação do solo. Se o desmatamento da vegetação for feito nas margens dos rios a água pode carregar uma quantidade maior de matéria e este excesso de sedimento tragado para o leito do rio pode causar o seu colapso devido ao assoreamento, mais uma alteração ambiental que pode causar a erosão do solo.