Ação incentiva chefs a criarem pratos com alimentos que seriam jogados fora

437 views
Reprodução O desafio lançado aos chefs é o de criar pratos com restos de alimentos que iriam para o lixo.

Quem almoça e janta fora de casa sabe que nos últimos anos a tal da “gourmetização” invadiu os restaurantes, lanchonetes e food trucks de quase todas as cidades. De hambúrgueres cada vez mais sofisticados à tradicional tapioca, esse processo elevou os preços e também o desperdício de alimentos em todo o território nacional.

Atualmente, de cada 10 toneladas de alimentos produzidos por aqui, seis vão diretamente para o lixo. Somente por dia, são mais de 39 mil toneladas desperdiçadas que poderiam servir de alimentação diária para 19 milhões de pessoas.

Pensando em encontrar uma solução para o problema de desperdício, a agência de publicidade JWT Brasil abraçou uma causa da ONG Banco de Alimentos. O resultado? Uma campanha chamada “Desperdício Gourmet” que tem como proposta desafiar criativamente os chefs de cozinha brasileiros a criarem receitas a partir de restos de alimentos que normalmente não são utilizadas, como cascas, talos, sementes e folhas, com o mesmo alto padrão que é oferecido em seus restaurantes.

A campanha também pretende conscientizar o consumidor. Ao final do almoço ou jantar o cliente recebe uma mensagem com os seguintes dizeres: “Um dos pratos que você comeu hoje foi feito com ingredientes q

ue sobraram do preparo de outros pratos. Você sabe qual foi?”. A proposta é justamente gerar um debate saudável sobre o aproveitamento total dos alimentos no país.

Reprodução Por dia, são mais de 39 mil toneladas de alimentos desperdiçados.

No Rio Grande do Sul, a ação teve início no restaurante Del Barbieri e também em outros estabelecimentos como Sushi Drive, Al Dente e Chicafundó. Nestes locais, as entradas são receitas-gourmets produzidas dentro do conceito da campanha “Desperdício Gourmet”. Na internet também já é possível encontrar canais de YouTube e blogs de chefs que aceitaram o desafio proposto pela agência JWT Brasil e pela ONG Banco de Alimentos.

Segundo o gerente de Comunicação da ONG, Alessandro Cochetti: “Queremos que os principais protagonistas da gastronomia nacional sejam agentes dessa transformação social ao aderirem à causa de combate ao desperdício alimentos”, disse a favor de adesão de novos chefs. Por parte da agência, um participante da criação da campanha, Diego Wortmann, complementa: “O Desperdício Gourmet é um projeto inspirado em um comportamento muito curioso que surgiu aqui no Brasil: a gourmetização. Tudo ganhou uma versão gourmet nos últimos tempos. Então, decidimos gourmetizar partes dos alimentos que iriam para o lixo para provar para as pessoas que elas podem ser muito melhor aproveitadas”.