Tudo sobre o urso panda em extinção

17.033 Visualizações
Panda
Foto: warriorwoman531

Com pelagem lanosa, branca e preta, aparência frágil e pacífica, o urso panda é um dos animais mais queridos por adultos e crianças. Ícone da China, o panda tronou-se símbolo global de conservação, desde que foi adotado pelo WWF (World Wildlife Fund) como sua logomarca. Hoje, enfrenta a ameaça de extinção diante da perda severa de biodiversidade, em especial no país onde vive.

Apesar de serem carnívoros, estes animais alimentam-se, principalmente, de folhas e brotos de bambu. Com a perda maciça das florestas, que reduz o território e os recursos para a sobrevivência, a população selvagem da espécie tem diminuído consideravelmente. Atualmente, estima-se que existam cerca de 3.000 animais em liberdade e 180 criados em cativeiros.

Além da destruição das florestas de bambu, a baixa taxa de natalidade e alta taxa de mortalidade infantil tem agravado o risco de extinção da espécie. A caça indiscriminada, que ocorria em grande escala no passado, também contribuiu para a dizimação da espécie. Hoje, a caça de pandas é combatida com rigor na China. A partir de 1997 passou-se a punir os infratores com uma pena de 20 anos de prisão.

Boa parte das florestas chinesas onde vivem estes animais foi destruída nos primeiros estágios de desenvolvimento do país. Apesar do impacto das ações humanas, pesquisas mostram que as mudanças climáticas também têm grande influência no desenvolvimento de algumas das principais espécies de bambu, que representam mais de 90% das plantas na região. As alterações provocadas pelo aquecimento global, portanto, intensificaram o desaparecimento das florestas.

Urso Panda
Foto: nostri-imago

Outro complicador é o fato destes ursos viverem em regiões isoladas, o que impossibilita sua mudança para outros habitats. Se sua fonte de alimento se esgotar, estes animais não terão outro lugar para ir. A WWF tem promovido campanhas de conservação do panda gigante há quase três décadas, elaborando estudos e trabalhando na proteção dos habitats. A organização também tem apoiado o governo chinês no estabelecimento de um programa de proteção da espécie, através da criação reservas.