A importância do turismo verde no Brasil

907 Visualizações
Turismo Verde
Foto: viajeaqui

O turismo verde é uma alternativa para aqueles viajantes que querem ter contato com a natureza e fugir, nem que seja por alguns dias, da poluição e dos ruídos dos veículos que invadem a área urbana.

Segundo o Ministério do Turismo, o ecoturismo é o segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista por meio da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações.

O turismo verde é caracterizado pelo tripé “interpretação”, “conservação” e “sustentabilidade”. Assim, os visitantes entram em contato com a natureza por meio de atividades que propiciam conhecimento e educação ambiental, sem danificar o meio ambiente.

Por termos recursos naturais preservados e áreas verdes conhecidas mundialmente, como a Amazônia, a importância do turismo verde para o Brasil está ligada diretamente à economia do país, uma vez que muitos moradores dessas regiões garantem o sustento de suas famílias com o turismo sustentável.

O fato pode ser observado segundo estimativas da WTO (World Turism Organization), que prevê que o ecoturismo crescerá 20% ao ano no mundo em relação ao turismo convencional.

Pensando nisso, o Ministério do Turismo criou o Passaporte Verde – Férias Sustentáveis. A iniciativa é da Força Tarefa Internacional para o Desenvolvimento do Turismo Sustentável e possui âmbito global.

O munícipio de Paraty, no Rio de Janeiro, foi escolhido como o primeiro destino de referência para o turismo sustentável, priorizando o desenvolvimento turístico local por meio da sustentabilidade, de ações de educação ambiental, da valorização cultural, da qualificação da cadeia produtiva de turismo e a implantação de infraestrutura básica e turística na região.

Paraty, RJ
Paraty, RJ. Foto: 96779893@N04

Curiosidades

Para preservar o meio ambiente e incentivar o turismo consciente, a ABETA (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura) em parceria com o Ministério do Turismo e com apoio do Sebrae criaram a Campanha do Consumo Consciente de Turismo de Aventura, a qual prega por 10 mandamentos para o ecoturista:

1 – Peça referências e confira se a empresa que oferece o serviço está formalizada e se tem alvará de funcionamento;

2 – Verifique se a empresa oferece seguro que cubra atividades de aventura e natureza;

3 – Verifique se a empresa conhece e aplica as normas técnicas brasileiras para a atividade que oferece. Pergunte à empresa se ela tem um sistema de gestão da segurança implementado, conforme a norma;

4 – Os equipamentos devem estar em boas condições de uso;

5 – Lembre-se: sempre que tirar os pés do chão esteja de capacete e sempre que entrar na água esteja de colete;

6 – Aja de acordo com as regras ambientais em sua aventura: não faça fogo, não contamine o rio e ande sempre por trilhas demarcadas. Produza pouco lixo e traga-o de volta;

Turismo Verde
Foto: ecoviagem.uol

7 – Confira o estado do estojo de primeiros socorros que a empresa está levando e tenha na sua mochila seus remédios específicos;

8 – Seja responsável, conheça e respeite seus limites;

9 – Hidrate-se, alimente-se e mantenha-se aquecido. A melhor pessoa para cuidar de você é você mesmo;

10 – Conheça o programa Aventura Segura. Busque empresas aderidas ao Aventura Segura nos destinos.