Descubra o que são e conheça as principais Áreas de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) do Brasil

2.630 views
Depositphotos O objetivo principal das ARIEs é preservar os ecossistemas para as futuras gerações locais.

As ARIEs são áreas com pouca ou nenhuma ocupação humana e são constituídas por terras públicas ou privadas. São importantes instrumentos de conservação dos ecossistemas e utilização sustentável dos recursos naturais. Para que as ARIEs sejam protegidas, o uso da área é regulado e são proibidas as atividades que podem colocar em risco a conservação dos ecossistemas.

Não é necessário que a área pertença ao poder público, por isso é fácil a criação de uma nova Área de Relevante Interesse Ecológico. Desde que respeitados os critérios técnico-científicos para a exploração de seus produtos naturais através do Plano de Manejo, a ARIE colabora com a política de desenvolvimento sustentável.

O objetivo principal das ARIEs é fazer a manutenção dos ecossistemas para as futuras gerações locais. Para cada caso, o uso da área é especificamente regulamentado, e estes não podem colocar em risco a conservação dos ecossistemas locais. Assim, deve existir um conjunto de medidas que estimulem a propriedade e as espécies endêmicas, contribuindo com a harmonia da paisagem natural.

A criação de novas ARIEs pode auxiliar tanto na manutenção de fragmentos de ecossistemas naturais, como no melhor conhecimento de sua dinâmica natural e exploração sustentável dos recursos florestais. As ARIEs fazem parte do Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC), através da Lei 9.985 de 18 de julho de 2000, que lhes concede amparo legal, e são administradas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

As ARIEs estão relacionadas diretamente com as diretrizes do desenvolvimento sustentável, por isso devem seguir critérios sólidos para a exploração dos produtos naturais na prática do manejo.

Fonte: Flickr Allan Patrick Vale do Dinossauro, Paraíba

O Vale dos Dinossauros é uma Área de Relevante Interesse Ecológico conhecida mundialmente. Está situada na Paraíba e possui importância no contexto dos sítios paleontológicos por registrar pegadas de dinossauros. Os registros mais importantes foram encontrados dentro da cidade de Sousa, na Bacia do Rio do Peixe, a 420 km de João Pessoa.

No local existem trilhas fossilizadas de quase 100 espécies em 20 níveis estratigráficos diferentes. Destacam-se os pontos da Passagem das Pedras, descobertas no final do século XIX, que representam oficialmente os primeiros indícios de dinossauros brasileiros.

Outra importante ARIE é a Serra da Abelha, localizada no município de Vitor Meirelles, em Santa Catarina. Esta área possui 4.251 hectares e abriga milhares de araucárias centenárias.