Cidades brasileiras com os piores índices de qualidade do ar

4.214 views
Poluição
Foto: professormarcianodantas

A poluição em grandes cidades é objeto de discussões frequentes em todo o mundo. O crescimento da concentração de poluentes na atmosfera nos últimos anos tem causado diversos problemas, tanto para o seu humano, quanto para a natureza, como o aumento da incidência de doenças respiratórias, modificação do ecossistema, entre outros. Os centros urbanos, por unirem uma grande frota de veículos e diversas fábricas, são consequentemente os locais com os piores índices de qualidade do ar.

Segundo a pesquisa da Organização Mundial de Saúde (OMS), as principais capitais do Brasil estão com índices de poluição acima do valor instituído. Enquanto o índice ideal por metro cúbico é de 10 microgramas, todas as cidades pesquisadas ultrapassaram o limite indicado.

Confira os valores na tabela:

Tabela

Todas as cidades citadas já possuem medidas que visam minimizar os índices apresentados. Em São Paulo o governo assinou decretos com novos padrões de qualidade para o ar que são ambientalmente mais seguros. Todas as cidades desta pesquisa também sediarão a Copa de 2014 e para isso receberam incentivos do governo para que a qualidade do ar esteja com índices melhores antes do evento. Entre as medidas que deverão ser implantadas destacam-se: mais rigor em concessões ambientais, controle sobre fontes industriais, restrições à circulação de veículos e à busca de combustíveis e fontes de energia menos poluentes.

Confira na tabela os principais agentes da poluição do ar:

Tabela

A qualidade do ar das cidades é um assunto de grande importância, pois afeta negativamente os seus habitantes, o meio ambiente e a economia do local. Os poluentes agem diretamente contra a saúde humana e o ecossistema, por isso, aumenta a cada dia a necessidade de monitorar e controlar a qualidade do ar.