14 Parques Nacionais para aproveitar a natureza do Brasil

568 Visualizações

As maravilhas naturais, que incluem fauna e flora exuberantes, bem como cachoeiras e rios, colocam o Brasil em posição de destaque mundial quando o assunto é ecoturismo. Atualmente, um dos destinos mais procurados são as áreas de preservação ambiental, criadas pelo governo para evitar a degradação dos ecossistemas.

Esses parques nacionais contam com diversas atrações, como grutas, cachoeiras, poços, rios e cânions. Os animais também são atrativos, já que é possível encontrar diferentes espécies durante o passeio.

Apesar disso, a maioria dos parques nacionais ainda não tem boa estrutura para o visitante, cenário que deve ser revertido pelo Governo Federal. O objetivo é que o turismo nesses parques cresça e se torne comum, como é nos EUA, onde os visitantes anuais passam de 280 milhões.

Conheça, a seguir, os 14 parques nacionais para aproveitar no Brasil.

Parque Nacional do Iguaçu (PR)

Com a maior área de Mata Atlântica do sul do Brasil e formado por um cânion e 275 quedas, o Parque é conhecido mundialmente e mantém a melhor estrutura do Brasil. A passarela de 1,2 quilômetro leva os turistas para uma vista na principal queda, a Garganta do Diabo.

Fonte: Flickr / Rodrigo Soldon

Parque Nacional de Jericoacoara (CE)

Criado em 2002, o Parque abriga duas grandes atrações: a famosa Pedra Furada e a Duna do Pôr do Sol, onde visitantes e locais se encontram no fim da tarde para apreciar a paisagem.

Fonte: Flickr / Francisco Aragão

Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PE)

Paradisíaco e famoso pelos peixes, moreias, tartarugas e outras espécies marinhas, o Parque cobre 70% do arquipélago mais conhecido do Brasil. Com praias como Leão e Atalaia, além das baías dos Porcos, do Sancho e dos Golfinhos, o local só permite a entrada de 450 visitantes por dia. Além disso, é preciso pagar uma taxa de preservação, de modo a garantir a beleza do parque.

Fonte: Flickr / Denise Kolenczuk

Parque Nacional da Chapada Diamantina (BA)

Considerada a Disney do ecoturismo, o destino conta com dezenas de trilhas, grutas e cachoeiras. Os amantes de trilhas mais radicais podem, ainda, encarar uma travessia do Vale do Paty, que leva cinco dias, com pernoites em casa de nativos.

Fonte: Flickr / Danielle Pereira

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (MA)

Os 155 mil hectares de dunas, rios, lagoas e manguezais chamam a atenção de turistas de todo o mundo. As lagoas de água transparente são famosas, no entanto, é preciso escolher o período certo para ter o melhor cenário e não perder viagem. A dica é ir entre maio e agosto, quando as lagoas já se encheram de água da chuva.

Fonte: Flickr / Caio Whitaker

Parque Nacional da Serra da Capivara (PI)

Conhecido pelos sítios arqueológicos – são mais de 1000, sendo que 150 estão abertos ao público –, o parque conta ainda com passarelas que levam às pinturas rupestres gravadas numa parede de 100 metros de altura. Para garantir que a viagem seja proveitosa, programe a visita entre maio e dezembro, época de seca na região.

Fonte: Flickr / Pulsar Imagens

Parque Nacional da Serra do Cipó (MG)

Os visitantes do parque têm entre as opções de passeios as caminhadas e o mergulho em piscinas naturais de água cristalina. A 100 quilômetros de Belo Horizonte, o local é palco, ainda, de passeios radicais, como o trekking pelo Cânion das Bandeirinhas.

Fonte: Flickr / Frederico Pereira

Parque Nacional do Itatiaia (RJ)

Conhecido por ser o primeiro parque nacional do Brasil, o local conta com duas portarias, das quais uma dá acesso somente aos passeios da “parte baixa” do parque, e a outra (Engenheiros Passos) dá acesso à “parte alta”, onde estão o Maciço das Prateleiras e Pico das Agulhas Negras.

Fonte: Flickr / Gustavo Menezes

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO)

A Chapada dos Veadeiros abriga belas cachoeiras e formações rochosas que encantam quem visita. Uma das trilhas disponíveis tem 10 quilômetros e leva à Cachoeira do Garimpão (80 metros), uma das mais conhecidas do Brasil. Há ainda a possibilidade de visitar os Cânions 1 e 2 do Rio Preto,  em um trajeto que leva mais de 3 horas.

Fonte: Flickr / Alex Saberi

Parque Nacional de Aparados da Serra (RS/SC)

O parque conta com diversas opções de atrativos, dentre os quais está a trilha do Vértice, que dá vista para as cachoeiras da Andorinha e Véu da Noiva, esta a mais famosa da região.

Fonte: Flickr / Hades

Parque Nacional Serra da Bocaina (SP)

Para conhecer este parque é importante saber: não é permitida a entrada de veículos. Por isso, contrate um guia para explorá-lo e, também, fazer o trekking de 53 quilômetros da Trilha de Ouro, que leva até Angra dos Reis.

Fonte: Flickr / Brazil Adventure International

Parque Nacional da Serra da Canastra (MG)

Criado em 1971, os visitantes vão se encantar com as espécies encontradas no local. O parque é habitat de espécies como lobos-guarás, tatus-canastra e tamanduás-bandeira.

Fonte: Flickr / William Andrade

Parque Nacional do Caparaó (MG)

De posse do Pico da Bandeira, o terceiro mais alto do Brasil, com 2.892 metros de altitude, o parque atrai turistas aventureiros de todo o mundo. Para as longas caminhadas é recomendável contratar um guia, já que a trilha a partir de Alto Caparaó (MG), por exemplo, pode durar 8 horas.

Fonte: Flickr / Fred Ferreira

Parque Nacional da Tijuca (RJ)

Com quatro núcleos: Floresta da Tijuca, Serra da Carioca, Pedra da Gávea e Pretos Forros/Covanca, o parque é considerado um paraíso na selva de pedra. Nele estão concentradas as atrações mais conhecidas do Brasil – e uma das sete maravilhas do mundo –, tais como o Mirante Dona Marta, Vista Chinesa e Cristo Redentor.

Fonte: Flickr / Rodrigo Soldon