Programa de habitação do Governo Federal faz energia solar gerar renda na Bahia

369 views
Instalação do painel fotovoltaico
Foto: Divulgação

Desenvolvido pelo Governo Federal em conjunto com a Caixa Econômica, o programa “Minha Casa, Minha Vida” oferece descontos e subsídios para que milhões de brasileiros obtenham a casa própria. No entanto, além de possibilitar a compra de casas populares, o projeto irá disponibilizar energia limpa e uma fonte de renda aos habitantes do condomínio Morada do Salitre, em Juazeiro (Bahia), com a instalação projetada de 9.500 painéis solares.

Aproveitando o clima quente, característico do sertão baiano, o conjunto residencial funcionará basicamente como uma espécie de usina de pequeno porte, uma vez que os equipamentos fotovoltaicos ficarão espalhados por uma área de 2.400 m², armazenando o calor em tubos que manterão a temperatura a 500°C.

Conectado a rede da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), o sistema terá potencial para gerar cerca de 3.500 MW/h, eletricidade suficiente para abastecer 1.600 habitações. Regulamentado em outubro pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o projeto é pioneiro no programa governamental de moradias e foi criado através da parceria entre o Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal e a empresa Brasil Solair.

Com o investimento de 7 milhões de reais, as estruturas são disponibilizadas para cidadãos com faturamento de até três salários mínimos. Além disso, as tubulações de captação de calor do Morada do Salitre serão integradas às linhas de vapor de uma fábrica de pneus, em Feira de Santana (Bahia), ação que renderá R$ 90 a cada morador do condomínio e evitará que a indústria emita 2 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2) num prazo de cinco anos.