Encontro Viva a Mata disponibilizou atividades de educação ambiental ao público

359 Visualizações
geoglauco Mata Atlântica.

Com o objetivo de conscientizar a população sobre a relação entre a floresta, o ambiente urbano e a qualidade, a décima edição do “Viva a Mata: Encontro Nacional pela Mata Atlântica” aconteceu entre os dias 23 e 25 de maio, na Marquise do Parque Ibirapuera. Disponibilizando atrações culturais, recreativas e educacionais, como música e dança, teatro, workshops e palestras, o evento recebeu aproximadamente seis mil participantes.

Promovida pela Fundação SOS Mata Atlântica, a cerimônia contou com cinco espaços divididos nos temas “Floresta”, “Mar”, “Bichos da Mata”, “Água” e “Ambiente Urbano”, propondo ao público atividades específicas para cada setor. Além disso, os visitantes puderam conferir obras de arte e ter contato com campanhas direcionadas para mobilidade urbana sustentável.

Celebrando o Dia Nacional da Mata Atlântica, 27 de maio, o Viva a Mata organizou seminários sobre o novo Código Florestal, recebendo Rubens Rizek, secretário estadual do Meio Ambiente de São Paulo, e Mário Montovani, diretor de Políticas Públicas da SOS Mata Atlântica. Basicamente, os palestrantes apontaram que fazer a legislação valer é tarefas de todos.