Dicas para ter uma casa ecologicamente correta

796 views
Painéis Solares
Foto por: Diego Dalmaso

Ter uma casa ecologicamente correta vai além das questões ambientais, uma casa com menor consumo energético e menos poluente também é economicamente vantajosa, pois, reduz a conta de luz, de água e é mais confortável, dispensando recursos artificiais para o condicionamento do ar.

Confira então algumas dicas para ter residência com menos impacto ao ambiente.

Madeira ecológica

Utilize madeira ecológica. A extração ilegal da madeira é um dos grandes responsáveis pela destruição do meio ambiente, procure madeiras certificadas provenientes de áreas de manejo sustentável, além de comprar um produto legal você ainda vai adquirir um produto com qualidade, extraído no tempo correto que não causa mofos. Outra dica é reutilizar a madeira de demolição tratada, evitando o consumo de novas espécies.

Telhado Verde

O chamado telhado verde ou “eco telhado” já está sendo empregado há um bom tempo nas edificações, algumas cidades como Nova Iorque incentivam os moradores a utilizar este sistema, pois, além de amenizar o bioclima urbano reduz a absorção de calor e de barulhos na edificação. Da para criar um projeto sensacional de laje jardim mesclando o telhado verde com um deck de madeira ecológica.

Tijolo ecológico

Esse tijolo é conhecido como tijolo ecológico porque ele não vai ao forno, ele não é queimado, portanto o meio ambiente não é prejudicado com sua fabricação, ele não agride o ecossistema com fumaça e calor.

Cimento ecológico

Mais uma boa opção para construir sem prejudicar nosso planeta é o cimento ecológico, considerando que o cimento é muito usado na construção civil é de grande importância substitui-lo por um cimento ecológico.

Este produto, na sua fabricação teve uma diminuição do químico Clínquer, pois este material libera uma grande quantidade de CO2 na atmosfera, durante a fabricação.

Além disso, a qualidade do cimento ecológico é superior ao cimento comum.

Tintas ecológicas

As tintas ecológicas podem ter origens vegetais, minerais ou com insumos de animais. Estas tintas não possuem solventes e metais pesados em sua composição, beneficiam o meio ambiente em sua fabricação e você no dia-a-dia, pois, não libera toxinas no ambiente, ideal para quem tem crianças e animais de estimação.

Drywall

Paredes e forros de Drywall reduzem o impacto ao meio ambiente através da minimização dos resíduos provenientes da construção, ou seja, menos sujeira e desperdício e facilita a utilização de materiais isolantes em seu interior como lã de vidro, melhorando o desempenho acústico e térmico da residência, pode ser empregado nas paredes e forros internos, inclusive nos banheiros e cozinhas (drywall verde), dentre os benefícios cabe salientar ainda a facilidade de manutenção, o perfeito acabamento e a rapidez da execução.

E desmistificando os mitos sobre os altos custos do produto, o drywall comparado ao tijolo comum pode ser sim uma alternativa econômica, pois, apesar de necessitar de mão-de-obra especializada, a instalação é muito mais rápida, tendo em vista que a mão-de-obra do pedreiro comum é geralmente paga por dia.

Placa Cimentícia

Ainda pouco utilizada no Brasil, esta foi uma solução que os países desenvolvidos encontraram para agilizar a construção de residências, onde o drywall é usado nas divisões internas e a placa cimentícia no revestimento externo.

Vaso Sanitário com Caixa Acoplada

Este é essencial em qualquer residência atual, visto que a diferença de preço entre o vaso comum e o vaso com caixa acoplada é mínimo frente à economia e redução do desperdício de água que é imenso. Para se ter uma idéia um vaso comum gasta quase 30 litros de água por descarga, já o vaso com caixa acoplada cerca de 15 litros de água, alguns modelos incluem ainda uma separação na descarga, uma com apenas 3 litros para resíduos líquidos e a completa para os resíduos sólidos.

Outra dica valiosíssima é usar água pluvial para lavar as calçadas e abastecer a descarga do vaso, já que é uma água que vai para o esgoto não é lógico usar água limpa para tal função.

Placas Solares

As placas solares são uma opção de redução de consumo de energia que podem ser utilizadas para aquecer a água do banho, ou no caso das placas fotovoltaicas produzir energia elétrica.

Reuso das Águas Cinzas

A água cinza é composta pela água pluvial (das chuvas) e pela água proveniente do banho e da lavagem de roupa, estas podem ser coletadas, tratadas e utilizadas para lavar as calçadas, irrigar o jardim e na descarga do vaso sanitário, esta água chega a corresponder á 80% do esgoto doméstico, imagine então economizar 80% de água mensalmente e ainda colaborar com o meio ambiente.

Não é difícil ter uma casa ecológica, basta você exigir do seu arquiteto que na hora de projetar a residência se atente para estes detalhes, que fazem diferença no bolso e reduzem imensamente os danos ambientais.