Entenda o que é horário de verão e quais são os seus benefícios no Brasil

1.742 Visualizações
Relógio
Foto: pimenta

O horário de verão no Brasil terá início a meia noite deste domingo, dia 20 de outubro. A partir desta data, moradores dos 11 estados brasileiros terão que adiantar seus relógios em uma hora. A mudança vai até o dia 16 de fevereiro do ano que vem com o intuito de economizar energia elétrica nos horários de pico. Existem muitos benefícios do horário de verão para o país, principalmente na economia, mas é bom ficar de olho em alguns dos aparelhos que mais consomem energia e poupar sempre que possível.

Os estados que adotam o horário de verão são o Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. As regiões sul e sudeste apresentam os maiores índices de consumo de energia elétrica, portanto os estados que mais se destacaram neste quesito foram São Paulo – por conta da grande concentração de indústrias nas áreas urbanas –, Minas Gerais e o Rio Grande do Sul. Entre esses três, teoricamente, o estado de Minas Gerais obteve uma economia de energia elétrica superior aos outros estados, devido a maior incidência de raios solares sobre a região.

De acordo com a ONS (Operação Nacional de Sistema Elétrico), no final de fevereiro, quando foi contabilizado o balanço do ultimo horário de verão entre 2012 e 2013, houve uma redução na demanda no horário de pico de cerca de 2.477 megawatts (MW), ou seja, 4,5%.

Nesse período, a economia teria sido maior, cerca de R$ 200 milhões caso as usinas termoelétricas – as quais geram energia pela queima de combustíveis fósseis e bagaço de plantas e são ativadas quando há falta de água usada nas hidrelétricas – não fossem ativadas. Como não houve volume significativo de chuvas no período, as hidrelétricas não atenderam a demanda energética do país e por isso as usinas termoelétricas foram ativadas. Portanto, não ocorreu o que a ONS considera uma “despesa evitada”.

Horário de Verão
Foto: Agliberto Lima/AE

Apesar de existir o horário de verão, é interesse que o consumidor entenda a importância de se economizar a energia o ano inteiro, por isso é interessante conhecer a capacidade energética dos equipamentos elétricos. Segundo a CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz), o ar condicionado, a geladeira, o chuveiro e o ferro elétrico são os vilões do consumo com médias mensais acima de 12 kw/h. O campeão é o chuveiro que representa 35% da conta com 70 kw/h, seguido do ar condicionado com consumo de 120 kw/h. Já a geladeira e o ferro elétrico consomem 80kw /h e 12 kw/h, respectivamente.

Confira a lista dos sete aparelhos mais comuns que usamos em casa e aprenda a usá-los sem gastar muito na conta de luz do final do mês:

Ar condicionado

Se quiser ter um ambiente climatizado, instale o ar condicionado em um local estratégico, próximo a ambientes amplos e a corredores, assim o aparelho consegue arejar o máximo de espaço possível. Além disso, limpe os filtros do ar condicionado com frequência, pois a sujeira impede a livre circulação do ar e força o aparelho a trabalhar mais.

Geladeira
Foto: solucoeslucymizael

Geladeira

A manutenção da geladeira tem de estar em dia para a conta não exceder no final do mês. Por isso, observe periodicamente se a borracha de vedação está em bom estado, pois a má conservação provoca um dos maiores desperdícios de energia. Também evite colocar peças de roupas molhadas para secar atrás dela, já que essa prática aumenta o consumo de energia.

Chuveiro

Para economizar altere-o para o modo “verão”, pois a medida consome menos kilowatts por hora. Diminuir o tempo no banho também pode ser uma boa, além de economizar água.

Ferro elétrico

De acordo com a jornalista de meio ambiente Lydia Cintra, a melhor ocasião para poupar a energia desse aparelho é ligá-lo após ter acumulado o máximo de roupas para passá-las todas de uma vez. Além disso, evite passar roupa quando diversos aparelhos elétricos estiverem ligados ao mesmo tempo.

Televisão

Para economizar no consumo de energia da televisão uma dica simples é não deixar o aparelho em modo stand by (no qual uma luz, geralmente vermelha, fica acesa), pois isso também consome energia. Evite dormir com o aparelho ligado também.

Lâmpada Fluorescente
Lâmpada Fluorescente. Foto: casaeimoveis

Lâmpadas

Manter as luminárias limpas também é uma forma de economizar já que a iluminação se torna mais eficiente. Se puder, opte pelas lâmpadas fluorescentes que duram mais e gastam menos energia. É importante lembrar também que o descarte deste tipo de lâmpada não é no lixo comum.

Máquina de lavar roupa

Para poupar energia, ligue a máquina só quando ela estiver com a capacidade máxima de roupas indicada pelo fabricante. Dessa forma você economiza energia e água. Além disso, limpe frequentemente o filtro da máquina e leia o manual de instruções para otimizar o uso.