Peugeot lançará carro movido a ar comprimido em 2016

297 Visualizações
Carro híbrido
Foto: Divulgação/PSAPeugeotCitroën

Devido às nocivas consequências originadas pelo aquecimento global, fenômeno impulsionado pelas altas taxas de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), como o dióxido de carbono (CO2) lançado pelos veículos, a indústria automotiva tem investido no desenvolvimento de carros ecologicamente corretos. Exemplo disso é dado pela montadora Peugeot, que irá disponibilizar a próxima geração do modelo 2008 com o sistema Hybrid Air capaz acelerar até 70 km/h sem consumir combustível.

Com lançamento previsto para 2016 na Europa, o automotor criado pelo grupo internacional PSA, dono da Peugeot e Citroën, promete ser financeiramente acessível e ter pouco peso, característica adotada para não comprometer o desempenho do carro. Basicamente, o núcleo do mecanismo é um cilindro com pistão interno que empurra o ar sob alta pressão, enviando a força para um circuito hidráulico conectado a um câmbio automatizado.

Além disso, um Citroën C3 equipado com o Hybrid Air foi testado, e a montadora constatou que o veículo ficou 45% mais econômico que a versão convencional, rodando 34 km por litro de combustível. Para obter tal performance, o processo de recarga do cilindro pode ser feito em 10 segundos, com a recuperação de energia do sistema feita durante as desacelerações do motor.

Segundo o fabricante, a instalação do mecanismo não demanda modificações nos automóveis, pois, o peso da aparelhagem não supera os 100 kg. Compatível com motores a gasolina e a diesel, os modelos que incorporam a tecnologia capaz de reduzir o consumo de combustível e a disseminação de poluentes devem custar entre R$ 48 mil e R$ 64 mil.

Carro híbrido
Foto: Citroën/Divulgação