Lexus cria carro elétrico feito de papelão

442 Visualizações
Reprodução / Facebook Foi usada a técnica de origami para criar o carro.

Com os problemas de mobilidade urbana cada vez mais evidentes, as montadoras de automóveis têm investido em veículos que impactam menos o ambiente, como os modelos híbridos e elétricos. Diante deste cenário, um novo modelo sustentável tem chamado a atenção: o carro de papelão.

Pode parecer loucura, mas não é. A versão pouco convencional foi apresentada pela Lexus e é chamada de Origami Car – uma réplica perfeita do seu sedã IS. O nome é sugestivo, já que o modelo foi inspirado na técnica japonesa de origami, que consiste em um movimento de dobraduras de papel.

Ao todo, a nova versão conta com um total de 1.700 folhas de papelão recortadas e coladas a laser. A junção das peças foi feita milimetricamente para formar uma cópia fiel do design do carro.

Para viabilizar esse projeto, a Lexus fez uma parceria com duas empresas londrinas, a LaserCut Works e a Scales and Models. Com um modelo digital em 3D do carro em mãos, a imagem foi dividida em algumas partes, como carroceria, painel, assentos e rodas.

Mas, afinal, como esse “origami” se sustenta?

Para segurar essa quantidade grande de papelão, há uma armação de metal por baixo, que segura as folhas recortadas e coladas. Segundo os responsáveis pelo projeto, só para os cortes, foram necessárias semanas – a finalização da réplica demandou um total de três meses e o trabalho constante de cinco equipes de montagem e desmontagem.

E para quem achou que era uma estrutura estática, a empresa avisa: o interior foi reproduzido em sua totalidade, então as rodas giram, os faróis acendem, e um motor elétrico permite que o carro ande – a velocidade e o estilo, é claro, não são as mesmas do original.

O IS de “origami” será exposto ao público durante evento de design em Birmingham, na Inglaterra, a partir do dia 08 de outubro. E a pergunta que não quer calar é: você teria coragem de andar em um carro feito com papelão?