Casal lança roupas para bebês feitas com algodão orgânico

1.052 Visualizações
reprodução/Instagram Roupas confeccionadas com algodão orgânico vestem crianças até dois anos de idade.

As pessoas estão cada dia mais se conscientizando e se preocupando com o meio ambiente e com o futuro do planeta. Segundo uma pesquisa feita pela Organic Brasil, a procura por alimentos saudáveis e consumo sustentável teve um crescimento de 40% no país. E essa preocupação está ultrapassando barreiras e chegando até o setor de vestuário.

Foi pensando em atender à nova necessidade dos usuários que surgiu em 2013 a Umam Brasil, que está localizada em Santa Catarina. Já a sede da UMA Organic Cotton está localizada em Lima, no Peru.

A missão da empresa é levar roupas confeccionadas com algodão orgânico, natural e livre de pesticidas para crianças de até dois anos de idade. Desta forma, a empresa além de assegurar a saúde do bebê, preserva o meio ambiente.

Em seu processo não são utilizados nenhum tipo de agrotóxico e nem outros insumos, evitando a contaminação dos solos e lençóis freáticos. A matéria-prima para confecção das roupas vem direto do plantio de algodão pima orgânico do Peru, que é cultivada pelos pequenos agricultores, alimentando, assim, a economia local.

Os idealizadores da marca Tino Rossi e a sua esposa Rafaela Mafra têm a visão de que a preservação ambiental não fica só na escolha dos produtos colocados dentro de casa. E foi pensado desta forma que eles decidiram investir em algo que ainda não tinha aqui no Brasil, mas que já era bem valorizado em outros países.

facebook.com/umambrasilorganiccotton Cultivo orgânico de algodão.

Rossi disse ao site Organics News Brasil: “Os nossos produtos são perfeitos para qualquer ocasião e são atemporais, não vencem de uma estação para outra, seguindo uma tendência de durabilidade. Além disso, apresentam peças mais básicas para que não sejam engolidas pelo fast fashion”.

A UMA possui quatro certificações orgânicas, a Global Organic textile Standards (GOTS), United States Department of Agriculture – National Organic Program (USDA-NOP), Organic Exchange Standards (OE-100) e a European Union (EU) e não viola nenhuma das normas ambientais durante o processo de fabricação.

O casal de empreendedores leva tão a sério a filosofia da empresa, que acompanhou o processo de colheita do algodão no Peru e transformaram em acervo, em registro compartilhado com os seguidores da marca na fanpage.

Conheça as vantagens do Algodão Pima orgânico e o Nativo orgânico

Pima: o algodão é reconhecido mundialmente pela sua elasticidade, maciez e brilho e conta com a fibra mais longa existente no mundo, mantendo as características do tecido após sua lavagem.

Nativo: O algodão não requer tingimento, pois cresce naturalmente na selva amazônica do Peru em três cores: creme, verde e marrom. Possui maciez superior a qualquer outro tecido, além do Pima, oferecendo mais conforto ao bebê.