Gorila é morto em zoológico após criança cair em sua jaula

498 views

 

Flickr / Justin Animal está ameaçado de extinção.

Uma difícil decisão no Cincinnati Zoo & Botanical Gardens, nos Estados Unidos, no fim de semana, causou a comoção de pessoas que lutam pela proteção dos animais. Harambe, um gorila de 17 anos foi executado, de uma espécie ameaçada de extinção foi executado após um garoto de quatro anos se desvencilhar dos fios de proteção e cair na jaula onde estava o animal.

Harambe pesava 180 quilos e os funcionários do zoológico, acreditando que a criança estava em perigo, decidiram executar o animal. Em entrevistas à mídia internacional, o dono do zoológico, Thayne Maynard, disse que foi uma decisão difícil, mas foi o certo a ser feito naquele momento, uma vez que um tranquilizante demoraria a fazer efeito.

Entretanto, milhares de pessoas não concordaram com a medida e decidiram fazer um abaixo assinado pelo site Change.org, que já possui mais de 300 mil assinaturas, pedindo que os pais da criança sejam responsabilizados pela execução do gorila. Muitos dos defensores de Harambe alegam que o caso foi de negligência por parte dos responsáveis pela criança.

Harambe é uma espécie de gorila que foi incluído em 2007 na “lista vermelha” da IUCN (União Internacional para Conservação da Natureza) e se encontra em perigo de extinção. O gorila possui uma estátua e já virou um memorial.

Gorila parecia tentar proteger o menino

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra imagens de Harambe aparentemente protegendo a criança. Possivelmente assustado com os gritos dos visitantes, o gorila tentava defender o menino, que observava o animal e não se mostrava assustado. Porém, acabou sendo arrastado por não conseguir acompanhar a velocidade de Harambe.

Passado o incidente, a mãe do garoto se manifestou na mídia internacional e disse que acidentes acontecem. “Estamos muito gratos ao Senhor que o nosso filho está seguro. Ele está em casa e indo muito bem. Nós estendemos nossos sinceros agradecimentos para a ação rápida pela equipe Cincinnati Zoo. Nós sabemos que esta foi uma decisão muito difícil para eles, e que estão de luto pela perda de seu gorila. Nós esperamos que vocês respeitem nossa privacidade neste momento.”