Áreas contaminadas em Belém receberão tratamento por gestores ambientais

275 Visualizações
© Depositphotos.com / whitehoune Área contaminada.

A produção industrial projeta milhões de litros de efluentes industriais (produtos químicos) no solo e água por todo o território brasileiro. Além disso, outros fatores contribuem para a contaminação do meio ambiente. Com o objetivo de encontrar novas soluções para estes problemas, profissionais e estudantes de engenharia e gestão ambiental estarão reunidos entre os dias 15 e 16 de maio na cidade de Belém (PA) no “Curso de Gerenciamento de Áreas Contaminadas”, promovido pela consultoria Maxi Ambiental.

Durante os dois dias de evento o público poderá se atualizar sobre as tecnologias do mercado capazes de realizar avaliação preliminar das áreas de risco, propriedade das substâncias e quantidade específica que polui a área e, principalmente, quais são os mecanismos que podem tratar o local e remover as impurezas do solo e lençol freático.

O conteúdo programático do curso coordenado pela consultora ambiental, Érica Von Zuben, aborda legislação de meio ambiente, etapas de investigação de terrenos, sondagem e instalação de poços, análise química, interpretação de dados e produção de relatório técnico, dentre outros assuntos referentes a pesquisa e monitoramento de áreas degradadas.

Para participar do curso todos os interessados devem realizar uma inscrição no site da instituição. O valor varia de R$ 600 para estudantes e R$ 700 para profissionais.

Serviço

Curso de Gerenciamento de Áreas Contaminadas

Local: Hotel Sagres – Av. Governador José Malcher, 2927, Bairro São Brás em Belém/PA.

Data: 15 e 16 de maio de 2014

Valor: Estudantes – R$600 e profissionais – R$700