Saiba o que significa a sigla “ISO”

854 Visualizações
ISO
Foto: deckade

Você certamente já ouviu falar da sigla ISO e da relação que ela tem com a qualidade de serviços, produtos e empresas. Trata-se da sigla de International Organization for Standardization (em português, Organização Internacional para Padronização), uma entidade voltada para a normatização e padronização, criada em 1947 em Genebra, na Suíça.

Se verificarmos o nome da entidade em inglês, percebemos que a sigla correta seria IOS. O nome ISO surgiu como uma forma de padronizar a sigla, para que ela fosse mais bem compreendida em diferentes países. E também porque “isos” em grego significa “igual”, uma nomenclatura bastante adequada ao propósito da organização.

O principal objetivo da ISO é aplicar normas internacionais em todos os campos técnicos como normas técnicas, de procedimentos e processos, classificações de países, etc. No Brasil, a entidade é representada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Dentre as normas ligadas à eficiência estão as ações que visam o mínimo de impacto em relação ao meio ambiente.

Para atingir seu intento, a ISO promove internacionalmente, a normatização de empresas e produtos, sempre de olho na certificação de sua qualidade. Os conjuntos de normas recebem numerações específicas de acordo com a área de aplicação e, também, com o aprofundamento de exigências. As mais conhecidas são ISO 9000, ISO 9001, ISO 14000 e ISO 14064. As ISO 9000 e 9001 são um sistema de gestão de qualidade aplicado em empresas. Já as ISO 14000 e ISO 14064 formam um sistema geral de gestão da qualidade.

Para que uma empresa, serviço ou produto receba qualquer certificado ISO, é necessário passar por um projeto com diversas fases, garantindo que a implementação dos processos é feita corretamente e de acordo com cada norma técnica estabelecida. O rigor na verificação de todas as etapas auxilia empresas nas mais diferentes áreas para buscarem excelência a partir de referências internacionalmente reconhecidas.