Organização cria esculturas gigantes com lixo retirado dos oceanos

688 Visualizações
Reprodução / Washed Ashore Escultura do projeto Washed Ashore

Angela Haseltine Pozzi é uma artista plástica norte-americana engajada em arte ambiental que lançou um projeto chamado “Washed Ashore”. A iniciativa tem por objetivo utilizar lixo resgatado dos oceanos para a criação de esculturas gigantes que retratam a vida marinha. O projeto também conta com uma perspectiva educacional e de informação sobre a poluição e seus efeitos sobre a vida marinha.

A mostra da artista é itinerante e interativa. As esculturas retratam peixes, tartarugas, estrelas-do-mar, cavalos marinhos, polvos e muitos outros belos animais ou entidades míticas que povoam nossa imaginação, como as sereias. As esculturas contam com a colaboração de voluntários, que são guiados por Pozzi para a realização das obras.

Em três anos, 11 toneladas de lixo já foram retiradas das praias onde os voluntários estiveram. Nas esculturas, embalagens plásticas, garrafas, brinquedos, copinhos, sapatos, caixas de isopor, entre muitos outros objetos, ganham nova vida em forma de arte.

Em uma de suas viagens, o projeto já foi apresentado no parque SeaWorld, além de já ter percorrido museus, zoológicos, colégios e centros de ciências em todo o território americano. As palestras sobre meio ambiente abordam inúmeros assuntos, como pesca predatória e a importância da reciclagem e do uso consciente de materiais para que se diminua a poluição dos mares.

Confira as belas esculturas:

Reprodução / Washed Ashore
Reprodução / Washed Ashore
Reprodução / Washed Ashore
Reprodução / Washed Ashore