A importância da ecologia urbana para um desenvolvimento sustentável

2.478 Visualizações
Urbanização sustentável
Foto: © Depositphotos.com / WDGPhoto

Pelo menos metade da população do mundo atualmente vive nas cidades. No Brasil, esta porcentagem é ainda maior, aproximando-se dos 70%. Não é de surpreender, portanto, que um campo de estudos especialmente voltado para a ecologia urbana esteja em franco desenvolvimento. Afinal, a vida humana – mas não apenas ela – se prolifera e gera complexas relações nos ambientes urbanos. E as cidades também precisam de cuidados e um meio ambiente equilibrado e saudável.

A ecologia urbana realiza estudos ambientais e sociais que buscam, primeiramente, compreender os sistemas naturais inseridos nas zonas urbanas e, também, as interações entre plantas, animais e seres humanos neste contexto. Os ecologistas urbanos estudam árvores, rios e até exemplares de vida selvagem em cidades por todo o mundo. Desta maneira, geram conhecimentos sobre como estes recursos são afetados pela poluição, a ação humana e a própria estrutura urbanística. Também criam ações que visam o desenvolvimento sustentável, um desafio e tanto levando em conta a necessidade de crescimento econômico que é imprescindível aos centros urbanos.

A partir da ecologia urbana é possível também gerar ondas de conscientização, capazes de não apenas melhorar o processo de preservação de recursos naturais, como também transformar a relação de moradores com as suas cidades. E é aí que entra o aspecto social desta modalidade tão específica de ecologia. Se enxergada como um grande organismo, a cidade precisa oferecer também aos seus habitantes condições dignas de vida. Dentre elas está o acesso à moradia, ao trabalho digno, à mobilidade, a serviços de saúde e educação de qualidade, à cultura, ao saneamento básico, etc.

Andar de bicicleta
Foto: promoview

Neste emaranhado de fatores, iniciativas sustentáveis são mais do que bem vindas. A reciclagem e a diminuição do uso de veículos automotores (por conta da mobilidade e da poluição atmosférica) são alguns exemplos. Na mira de todos os ecologistas urbanos está o equilíbrio e a harmonia, sem esquecer a complexidade que caracteriza as cidades, com sua biodiversidade tão especial. Os ambientes urbanos de todo o planeta agradecem.