Você sabe o que é agricultura contemporânea e de precisão?

3.717 views
agricultura
Foto: pixabay

Agricultura contemporânea, de precisão ou verde, as três denominações correspondem à atividade agrícola no qual é usada a tecnologia da informação a seu favor. Para entender melhor essa prática é necessário compreender que a agricultura de precisão tem como base e instrumento de atuação a variabilidade do solo (espaço) e do clima (tempo) para um melhor rendimento e menor desperdício de cultivo. Ou seja, nela usam-se dados geográficos específicos e detalhados para que se possa determinar qual processo agrícola será utilizado dosando na medida certa de adubos e agrotóxicos.

O principal objetivo da agricultura de precisão é a aplicação do planejamento e gerenciamento de todos os processos da produção, não se limitando apenas nos mapeamentos diversos ou em aplicações de insumos.

Para que isso possa ser feito é usada uma ferramenta (software) conhecida como SIG (Sistema de Informação Geográfico), além de sensores e instrumentos para serem feitas medidas e detecções de parâmetros no solo, em plantas, de insetos, doenças e condições climáticas do agrossistema. Um estudo detalhado que ajuda o agricultor a ter um controle maior sobre sua safra e, consequentemente, preservar o meio ambiente.

Há, também, o uso do mapeamento por satélite (GPS), que na prática atua na análise da fertilidade do solo onde se fará o cultivo. Isso ajuda na dosagem e aplicação de nutrientes e pesticidas na quantidade certa, sem desperdícios de sementes, insumos e tempo para o agricultor, uma vez que com o uso da tecnologia limita-se à possibilidade da colheita de uma safra de má qualidade.

Como funciona a agricultura contemporânea ou de precisão?

Para entender melhor como funciona a agricultura contemporânea ou de precisão e quais os processos de identificação de sua eficácia, basta seguir 7 passos básicos:

1. Análise do solo para verificação de possíveis variáveis do solo;

2. Aplicação de fertilizantes e agrotóxicos caso haja variação;

3. Plantio da safra, respeitando a análise feita, ou seja, dosando o potencial produtivo de cada área mapeada;

4. Acompanhamento da lavoura para novo mapeamento e controle de pragas ou doenças;

5. Em caso de pragas encontradas, aplicação direta e localizada de defensivos;

6. Colheita: feita a partir de instrumentos com sensores que observam e separam a safra conforme a produtividade e qualidade da lavoura;

7. Desenvolvimento de mapas sobre os resultados de todo o processo e da produtividade alcançada.

Benefícios

Agricultura
Foto: ruralpecuaria

Segundo a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), quando bem aplicada e gerenciada, a agricultura de precisão contribui tanto com os grandes produtores como os de pequeno e médio porte. O uso racional de insumos maximiza o potencial produtivo e a competitividade dos produtores rurais, além dos benefícios ambientais que esse modelo de agricultura contemporânea permite. Ou seja, maior e melhor produção com menor custo para o agricultor, o que consequentemente acaba refletindo em um produto com melhor qualidade e preço mais atrativo para o consumidor final.