Empresa de tecnologia promove programa de inclusão digital em MG

347 views
© Depositphotos.com / monkeybusiness Inclusão digital

O programa “Inclusão Digital EaD” é uma iniciativa mundial de inclusão digital, organizado pela Intel Semicondutores do Brasil, e possui mais de 90 horas de conteúdo construído em três módulos: Tecnologia no Trabalho (TeT), Tecnologia e Empreendedorismo (TeE) e Tecnologia e Comunidade (TeC). Devido à iniciativa, a companhia recebeu o selo de sustentabilidade do Programa Benchmarking Brasil 2014, criado pelo Instituto Mais.

O módulo Tecnologia e Comunidade, aplicado em Minas Gerais, trabalha habilidades como processamento de textos, edição gráfica, uso de planilhas eletrônicas, multimídia e pesquisas na internet. Assim, os alunos descobrem como o uso eficaz do computador e de softwares pode ajudar o lugar onde vivem.

Mediante termo de cooperação, assinado em abril de 2012, entre a Superintendência de Inovação Social da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sectes) e a Intel, foi apresentado o desafio de transformar o programa em política pública, com o objetivo de capacitar mediadores a distância (EaD), por meio de uma plataforma denominada Moodle.

Esses mediadores seriam encarregados de retransmitir aos aprendizes o conhecimento sobre uso de tecnologia para redução da vulnerabilidade social de seu local de origem.

Empresa: Intel Semicondutores do Brasil

Case: Inclusão Digital EaD – Case MG

Responsável: Rosangela Melatto

Este case foi certificado pelo Programa Benchmarking Brasil, edição 2014.