Copa do Mundo: uma jogada para maquiar os diversos problemas sociais?

1.002 views

Em 2014 o Brasil receberá a Copa do Mundo. Isso não é novidade para ninguém, mas qual seria o motivo real de recebermos esse mega evento? Não oferecemos segurança pública decente, temos transportes públicos decadentes, suamos para sobreviver aos impostos e taxas abusivas, as nossas vias são sujas e sem manutenção, moramos em capitais que batem recordes de trânsito e alagamentos, sem contar que temos a Amazônia o nosso “pulmão do mundo” que é uma terra sem lei, onde prevalece à lei do “mais forte” e a cada dia ela desaparece mais um pouco. Resumindo, vivemos com um baixo índice de qualidade de vida e ainda nem sequer e os problemas ambientais são lembrados. É esse o país que vamos oferecer para o mundo que nos assistirá.

Somos conhecidos como “reis do futebol”, “reis do carnaval”, mas quando vamos mudar essa fama, e mostrar para o mundo que o Brasil tem que ser visto de uma maneira diferente, e que carece de reformas urgentes? Se pararmos para pensar, nos quesitos de segurança pública, saúde, meio ambiente, educação e outros direitos básicos, somos vistos pelo mundo como um fantoche do governo, pois nas épocas de eleição somos “endeusados” por políticos e que só nos veem como números, que prometem aquilo que nunca vão cumprir e muitos acreditam nessas promessas, eles se esquecem que o povo não vive apenas de “futebol” e “carnaval”, mas precisa ter um governo que dê estruturas descentes.

Futebol
Foto: mcdemoura

Muitas pessoas votam em políticos em troca de “favores”, eles não têm a consciência que se esse político ganhar ele vai engrossar a nossa bancada de corruptos, que não veem o quanto o nosso país está vulnerável, e que só pensam dessa maneira: “dessa vez será fácil nos reelegermos, pois demos ao Brasil a Copa do Mundo”.

Além de segurança pública, saúde e educação, os assuntos referentes ao meio ambiente raramente entra em pauta pelo governo. Desmatamento de quilômetros de hectares, queimadas ilegais, tráfico de animais silvestres, e tantas outras irregularidades no nosso país, e o povo continua andando alienado como se no nosso país estivesse tudo “uma maravilha!”.O pior é que, a verba que poderia ser investida para alavancar esses projetos, são destinadas a questões irrelevantes. Cada estádio está saindo do nosso bolso, com os valores somados, quantos projetos governamentais não poderiam ter saído do papel para nos auxiliar?

Acredito que a Copa foi apenas mais uma jogada do governo do que uma procura de benefícios para o nosso país, pois além das obras super faturadas dos estádios, contaremos com outros super faturamentos, por exemplo, nas estadias de hotéis, entrada dos jogos, restaurantes, etc. Será que esses valores arrecadados vão ser injetados em obras e reformas para a população ou será que o governo vai abocanhar para o “seu uso próprio”?

Falta um governo determinado a mudar e combater os problemas alarmantes. Falta um governo que se preocupa de verdade com o povo, e isso não é novidade. O brasileiro está acostumado a debater sobre futebol, sobre carnaval, as férias de verão, etc, mas quando é para analisar sobre o governo, sobre a corrupção, impostos abusivos, ou sobre a cidadania e meio ambiente a maioria pensa que o assunto é chato ou não lhe diz respeito, ou até mesmo, que políticos são todos corruptos.

A sociedade ainda pensa que a exploração da Amazônia é problema do governo e dos ambientalistas, e só! Quando fugimos de debates com troca de opiniões de maneira saudável sobre os nossos problemas sociais, abandonamos o que também é do nosso interesse. Isso é uma cultura nossa fugimos ou ignoramos assuntos considerados “entediantes”, e essa falta de debate engrossa a péssima administração pública aumentando a falta de opinião e visão do povo.

Quando os nossos valores reais são esquecidos pelos brasileiros, damos margem à corrupção, a falta de estrutura do governo, se as pessoas não fazem essa análise sobre o que de fato pode através do voto, o Brasil continuará na mesma direção, pois se um país que está gritando e necessitando de mudanças, é esquecido por motivos fúteis como festividades, significa que o povo em primeiro lugar deve mudar o seu pensamento. O Brasil deve mostrar ao mundo que não é somente o país do futebol e do carnaval, e que possui assuntos importantes a serem resolvidos.