Conceito e exemplos de marketing social

1.566 views
Depositphotos As ações do marketing social têm como tem como objetivo mitigar problemas relacionados às questões de higiene e saúde pública, trabalho, educação, habitação, transportes e nutrição.

Foi nos EUA que a expressão Marketing Social foi utilizada pela primeira vez. Era o ano de 1971, quando Kotler e Zaltman, que procuravam aplicações do marketing que contribuíssem para diversas questões sociais, chegaram ao termo.

Também conhecida como Marketing para Causas Sociais, a expressão se refere à modalidade de ação mercadológica institucional que tem como objetivo mitigar ou eliminar os problemas relacionados às questões de higiene e saúde pública, trabalho, educação, habitação, transportes e nutrição.

Para isso, o modelo atua de modo a associar uma marca ou instituição a uma causa social, com ações que vão desde o desenvolvimento de campanhas, doações para entidades assistenciais e parcerias com entidades filantrópicas, até mesmo ao trabalho junto a comunidades carentes.

Vale lembrar que as iniciativas podem partir de empresas, ONGs, órgãos governamentais, parcerias, marcas em conjunto com outras ONGs, entre outros, mas o objetivo é sempre o mesmo: beneficiar a sociedade e o planeta.

Ações de conscientização estão em alta

Especialistas defendem que ao adotar uma causa e relacioná-la às marcas, produtos ou serviços da empresa divulgadora, as organizações tornam-se mais ética, principalmente aos olhos dos clientes, criando valor para a marca. Isso porque, a tendência é que os consumidores cobrem cada vez mais responsabilidade e consciência das companhias.

Dessa forma, com a preocupação em torno do meio ambiente sempre em alta, as corporações têm buscado formas sustentáveis de produzir seu produto e, ainda, apoiar ONGs e cooperativas de reciclagem. Assim, garantem a geração de valor para toda a cadeia.

Além disso, a realização de campanhas de conscientização sobre consumo de bebida alcoólica e direção ou contra cigarro também têm ganhado destaque, já que as regulamentações em torno desses temas estão cada vez mais rigorosas.

Outra forma bastante comum de atingir o público é por meio de ações junto a comunidade. É o caso das Organizações Globo, que conta com os temas “educação, saúde e cidadania” para ilustrar suas campanhas e mensagens veiculadas em todo o Brasil, bem como os seus projetos sociais, dentre os quais está o especial Criança Esperança.