Companhia de embalagens cria iniciativa para a reciclagem de para-brisas automotivos

741 Visualizações
Verallia Reciclagem de para-brisas automotivos.

Estima-se que 1,5 milhão de vidros para-brisas sejam trocados no Brasil, tornando-se um problema ambiental e, ao mesmo tempo, uma oportunidade, pois o vidro é 100% reciclável. Procurando alternativas inovadoras para que o desenvolvimento sustentável e a melhoria de processos caminhem juntos, a Verallia, empresa fabricante de embalagens, elaborou o projeto “Reciclagem de Vidro Parabrisa”.

A iniciativa é centrada na resolução de um problema de disposição de resíduos sólidos, como o caso do vidro para-brisa, e a oportunidade de aumentar a percentagem de caco de vidro reciclado na composição, visto que, após o beneficiamento, seu uso é muito eficaz no processo produtivo: 1kg de caco produz 1kg de garrafa, ou seja, não há perdas no processo.

A planta onde o projeto foi desenvolvido está localizada em Porto Ferreira (SP), cidade com mais de 50.000 habitantes, a 230 km de São Paulo, perto de centros urbanos e mercado automobilístico bem desenvolvido. O vidro do para-brisa que antes era um problema transformou-se em oportunidade de inovação e sustentabilidade.

A ação teve início em 2003, envolvendo desde a pesquisa e averiguação da viabilidade no processo até a captura de resíduos para-brisas, a técnica de moagem, remoção de PVB, controle da granulometria, o armazenamento e o processo de fusão de vidro.

A principal dificuldade de utilização do vidro para-brisa é a presença de uma camada de plástico feita de PVB (polivinilbutiral) laminada entre duas folhas de vidro plano. Esta camada deve ser removida antes da sua utilização no forno de outra forma prejudicariam a qualidade do vidro.

Diversas medidas foram tomadas e vários testes foram feitos para chegar à condição ideal de tamanho de partícula de caco, que permite a redução da contaminação por PVB, por meio de segregação. Após beneficiamento, o caco para-brisa passa por procedimento de controle de qualidade em laboratório, de forma a confirmar se está dentro dos limites de concentração de PVB aceitável.

Devido à representatividade da iniciativa e a importância do assunto, a Verallia recebeu o selo de sustentabilidade do Programa Benchmarking Brasil 2014, criado pelo Instituto Mais.

Empresa: Verallia

Case: “Reciclagem de Vidro Para-brisa”

Responsável: Lilian Velloso Pereira

Este case foi certificado pelo Programa Benchmarking Brasil, edição 2014.