Telhas feitas com caixas de suco

220 views

Embalagens de produtos Do Bem viram teto para casas populares.

Por ano, mais de mil toneladas de caixas de bebidas são jogadas no lixo. Só que esses resíduos são constituídos por materiais totalmente recicláveis que podem virar bicicletas, óculos, objetos de design e até telhas de casas. Por isso, a fabricante Do Bem desenvolveu um programa de compensação ambiental pra lá de interessante. É o Bagaço do Bem, que tem o objetivo de compensar 100% dos resíduos da produção das embalagens de suco da marca anualmente. As caixas descartadas são recicladas e transformadas em telhas para a construção de casas populares nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás e Paraná. Para cada telha produzida, são necessárias pouco mais de mil unidades recicladas.

Juntos fazendo a mágica acontecer

Parte das embalagens vai retornar ao ciclo de produção da marca, em forma de caixas de papelão reciclado. A outra parte é reciclada e transformada em produtos destinados para iniciativas socioambientais, como as telhas de casas populares. No caso do Bagaço do Bem, as casas ficam por conta das ONGs Teto e EcoLar, que atuam na construção de moradias sustentáveis em áreas de vulnerabilidade urbana.


Imagem extraída do site Notícia Sustentável.

Quem desenvolveu o programa de compensação para a Do Bem foi a startup Pólen, que tem como missão revolucionar o processo de consumo, transformando cada compra no início de um impacto social positivo.

Quem quiser contribuir com a causa pode acessar o site Rota da Reciclagem e digitar seu endereço para encontrar pontos de entrega voluntária e cooperativas que trabalham com a coleta e triagem de material reciclável.

Fontes: Voxnews | Ecoinforme | Do Bem