Passo a passo de como reciclar plástico

3.686 Visualizações
Plástico
Foto: carlosmata

O plástico pode ser definido como um produto fabricado a partir de polímeros, geralmente derivados do petróleo, originados de um processo chamado polimerização. Os plásticos são altamente utilizados em nosso dia a dia, podemos encontrá-los em produtos como: sacolas de supermercados, garrafas de bebidas, em embalagens e outros.

O baixo custo de produção e a alta maleabilidade fazem o material ser amplamente consumido em todo o mundo. Porém, o tempo de decomposição do plástico é no mínimo de 100 anos, uma garrafa PET, por exemplo, leva cerca de 500 anos para se desintegrar na natureza. Por isso, o uso em larga escala do produto pode trazer prejuízos ao planeta e a reciclagem é uma boa solução para este problema, já que assim o produto pode ser reaproveitado. No Brasil estima-se que apenas 15% dos plásticos sejam reciclados.

Existem atualmente três maneiras de reciclar o plástico: a mecânica, a química e a energética, sendo a mecânica a mais utilizada mundialmente.

Reciclagem mecânica: Processo altamente difundido, no qual há conversão do plástico em pequenos grãos que poderão ser utilizados para produzir outros produtos, com especificações menos exigentes. As etapas consistem na separação do material, trituração, lavagem, secagem, aglomeração, extrusão e por fim granulação.

Plástico
Foto: pixabay

Reciclagem química: Nesse processo há o retrocesso do plástico, ou seja, ele é transformado em novos produtos, no qual pode-se transformá-lo no polímero original, com o objetivo de recuperar os componentes químicos individuais.

Reciclagem energética: O processo visa a recuperação da energia contida no plástico. Os resíduos passam por um processo de incineração e assim produzem energia que pode ser utilizada na confecção de diversos outros materiais.

É possível economizar até 50% de energia com o uso de plástico reciclado, há muitas empresas que utilizam esse produto reciclado, como indústrias produtoras de garrafas, baldes, brinquedos e diversos outros produtos. Porém, vale ressaltar que nem todos os produtos derivados de plástico são recicláveis, abaixo os principais recicláveis e não recicláveis:

• Os plásticos recicláveis são: garrafas, tampas, embalagens de higiene e limpeza, garrafas PET, CD e DVD, tubos vazios de creme dental, utensílios plásticos, como canetas e escovas de dente, potes de todos os tipos, sacos de supermercado, embalagens para alimentos e outros;

• Os não recicláveis são: fraldas descartáveis, adesivos e embalagens com lâminas metalizadas, como bombons, biscoitos e outros produtos alimentícios, cabos de panela, pratos, bijuterias e outros;