Dados sobre a produção de lixo no Brasil

2.249 views
Lixo
Foto: ambientalistasemrede

De acordo com dados do Governo Federal, o Brasil teve um considerável aumento na produção de lixo nos últimos 10 anos, cerca de 20% a mais, enquanto a população cresceu quase 10%, ou seja, a produção de lixo cresceu o dobro em comparação com a população.

O aumento do consumo, a industrialização e o poder de compra são as principais causas deste fenômeno. A produção no país é equivalente a 240 mil toneladas por dia, sendo que cada brasileiro produz de 600 gramas a 1 kilo de resíduos diariamente. Dentre o tipo de lixo produzido temos o lixo doméstico, restos de alimentos; o industrial, produtos químicos; hospitalar; agrícola, que são estercos e fertilizantes; radioativo e o tecnológico, que são os materiais eletrônicos sem uso.

E não para por aí, o descarte inadequado do lixo é outro grande agravante, já que quase metade da produção de lixo no Brasil é descartada de forma incorreta, gerando poluição e degradando o meio ambiente. A falta de tratamento do lixo é foco de doenças, tornando-se um caso de saúde pública. E as organizações governamentais nem sempre realizam ações preventivas ou desenvolvem soluções para evitar estes problemas.

E quando falamos dos alimentos os dados são ainda piores. De acordo com a Embrapa, cerca de 7 milhões de toneladas de frutas e 6 milhões de toneladas de verduras e legumes são desperdiçadas por ano antes de chegarem à mesa do consumidor. De acordo com a ONU, cerca de 1,3 milhão de tonelada de alimentos são desperdiçadas anualmente. Imagine se estes alimentos fossem reaproveitados ou destinados da forma correta? Poderiam alimentar milhares de pessoas e resolveria em parte o problema da fome no mundo.

Reciclagem
Foto: viradadigital

E será que a população também está consciente desse aumento da produção de lixo no Brasil? Apenas cerca de 50% da população separa o lixo seco do molhado, somente 35% aproveita o verso do papel sulfite e 29% compram produtos com material reciclável. A reciclagem e o reaproveitamento dos materiais é o primeiro passo para a conscientização da população referente à preservação ambiental.

Aproximadamente 45% do lixo produzido no Brasil é reciclável, sendo que 25% é papel, 4% metal, 3% vidro e 3% plástico, mas a reciclagem é realizada em 2% deste total. O restante é direcionado para os lixões, aterros controlados e sanitários. Um grande desperdício de materiais reaproveitáveis e recicláveis e também um desperdício de recursos naturais, que são utilizados para fabricar estes materiais.