Você sabe o que é uma floresta boreal ou taiga?

5.617 views
© Depositphotos.com / Embosser Taiga, Sibéria.

Típica de regiões como América do Norte (Alasca, Canadá, sul da Groenlândia), Europa (parte da Noruega, Suécia) e Ásia (Sibéria, Japão), onde a temperatura raramente passa dos 21°C, a floresta boreal apresenta uma vegetação pouco diversificada, mas propícia ao clima frio. De acordo com estudos, essas florestas demoram muito tempo para se formar, devido à baixa qualidade do solo, que não possui muitos nutrientes e vegetação rasteira.

São típicas dessa região as coníferas e os pinheiros. Esse tipo de árvore conta com folhas com superfícies pequenas, que reduzem o processo de evapotranspiração, uma vez que a água nessas regiões é escassa devido ao solo congelado.

Dessa forma, as folhas conservam a energia necessária para a produção de novas folhas e para a realização da fotossíntese quando há incidência de luz solar. Outro fator positivo é o formato cônico das árvores, que ajuda a evitar o acúmulo de neve. A floresta conta, ainda, com abetos, espruces e larícios.

Com uma fauna composta de ursos, lobos, raposas, arminhos, coelhos, renas e falcões, é comum que as espécies hibernem ou troquem de pele nas épocas mais frias. Há ainda animais que migram para regiões mais quentes, como as aves. Lobos e ursos são adaptáveis ao clima negativo, já que desenvolvem pelos e peles especiais para a sobrevivência. Uma das curiosidades da floresta é que não é possível encontrar répteis no inverno.

Durante o verão – que dura em torno de 3 ou 4 meses e tem dias mais longos, diferentemente do inverno, em que os dias são curtos e a noite cheia de chuva de neve –, o gelo derrete em alguns lugares formando lama, propício para o desenvolvimento de vários insetos, que servem de alimento para as espécies de aves que habitam a região.

Em regiões onde a cobertura de floresta boreal predomina, os solos são pobres em nutrientes e apresentam uma coloração esbranquiçada. Apesar dessa característica, com o avanço da tecnologia tem sido possível aproveitar o solo, até então impróprio para cultivo, para o desenvolvimento da agricultura – utilizam-se, principalmente, adubos e fertilizantes químicos.

Degradação Ambiental

© Depositphotos.com / vodolaz Taiga.

A taiga sofre com a exploração de madeira, com fins principalmente para a construção civil e para a produção de papel. Com a atividade econômica intensa, uma redução drástica no bioma vem sendo registrada.

No Canadá, por exemplo, a utilização das árvores para fins industriais é de fundamental importância para o país, respondendo por 10% das exportações nacionais – de acordo com estudos, o país é responsável pela produção de aproximadamente 50% de todo o papel-jornal comercializado no mundo.

Além disso, há registros de que a floresta serve, também, como área de testes e depósito nuclear, com a presença de armas, bombas e submarinos.