Vídeo mostra como é o trabalho de uma madeireira sustentável na Amazônia

440 Visualizações
Iberê Thenório Selo FSC.

Atividade das mais perigosas quando o assunto é sustentabilidade, a extração de madeira das florestas pode causar danos irreparáveis ao meio ambiente. Por conta disso, a certificação que garante a procedência da commodity é de grande importância para a orientação do consumidor no momento da compra.

No caso dos vendedores, a opção de oferecer um produto diferenciado e com valor agregado já o credencia a conquistar um público mais exigente e, assim, abrir novos mercados. Para o consumidor, a consciência de comprar um produto que não degradou o meio ambiente e contribuiu para o desenvolvimento social e econômico das comunidades florestais já é uma grande vantagem.

Entre as certificações conhecidas, a mais importante é a do FSC ou Forest Stewardship Council (Conselho de Manejo Florestal, em português), uma organização não-governamental, fundada em 1993 para garantir a conservação ambiental e o desenvolvimento sustentável das florestas em todo o mundo. Atualmente, este selo está presente em mais de 75 países e gera negócios na ordem de cinco bilhões de dólares todos os anos.

O FSC atua em três vertentes: desenvolver critérios universais para a certificação; credenciar organizações certificadoras; e apoiar o desenvolvimento de padrões regionais de manejo florestal, no intuito de adaptar os critérios universais. O processo de certificação de madeira é bem rígido, ela requer que a operação florestal seja feita de maneira ecologicamente correta, socialmente justa e economicamente viável.

Fruto do mesmo sentido de mudança que gerou o FSC, foi lançado no dia 6 de outubro, um canal no youtube chamado “Inspire”, sobre pessoas e ideias que literalmente mudam o mundo. A ideia é mostrar iniciativas que façam a diferença e que mostrem um lado diferente da humanidade, valorizando a transformação atual que a sociedade vem desenvolvendo, principalmente em cima de conceitos como sustentabilidade e colaboração.

O primeiro vídeo lançado pelo canal diz respeito sobre a AMATA- Exploração moderna e sustentável de madeira certificada. Temas como a sustentabilidade, capitalismo no século XXI, consumo responsável, selo FSC de certificação, foram abordados para mostrar diferentes perspectivas da exploração responsável de madeira na Amazônia.

A AMATA faz a ponte entre a floresta e o mercado consumidor ao disponibilizar madeira certificada, produzida com responsabilidade socioambiental e garantia de origem. Sua forma de atuar está pautada na sustentabilidade, na busca pela certificação concedida por instituições independentes e na obtenção da licença social para operar.

Confira o vídeo: