O que são áreas úmidas e qual a sua importancia?

2.471 views
Sílvio Vince Esgalha Convenção de Ramsar procura preservar as áreas úmidas que ainda restam no mundo.

Muita gente pode não saber, mas as áreas úmidas são de extrema importância para o planeta. Elas ajudam na manutenção da biodiversidade do planeta, regulam as mudanças climáticas e garantem o nosso alimento. Sendo assim, podemos concluir que o futuro da humanidade depende e muito dessas áreas úmidas.

Porém, com a degradação cada vez mais acentuada do planeta, mais de 60% desse poderoso ecossistema desapareceu, comprometendo as populações que tiram desses locais o alimento para sobreviver.

Foi pensando em preservar as áreas úmidas que ainda restam no mundo que no dia 02 de fevereiro de 1971 foi adotada a Convenção de Ramsar. Este é um tratado intergovernamental que define regras para ações de conservação das zonas úmidas e de seus variados recursos.

E foi justamente na Convenção de Ramsar que surgiu o conceito de áreas úmidas. São ecossistemas que incluem áreas marinhas, costeiras, continentais e artificiais. Podemos citar como exemplos de áreas úmidas os pântanos, manguezais, lagos, reservatórios de hidrelétricas, áreas irrigadas para uso agrícola, entre outros. Ao todo são mais de 40 tipos.

De acordo com dados do site oficial da Convenção de Ramsar, atualmente 169 países assinaram o documento e mais de 2.200 locais integram a lista de preservação. Essas áreas úmidas, consideradas de importância mundial, foram batizadas de Sítios Ramsar.

O Brasil assinou o tratado em 1993 e ratificou sua participação em 1996. Atualmente constam 12 áreas úmidas brasileiras cadastradas na Convenção de Ramsar:

Área de Proteção Ambiental das Reentrâncias Maranhenses (MA)

Roberto Linsker Área de Proteção Ambiental das Reentrâncias Maranhenses (MA)

Área de Proteção Ambiental da Baixada Maranhense (MA)

Elison Silva de Macedo Área de Proteção Ambiental da Baixada Maranhense (MA)

Parque Estadual Marinho do Parcel de Manuel Luis (MA)

Divulgação/MMA Parque Estadual Marinho do Parcel de Manuel Luis (MA)

Parque Nacional do Araguaia – Ilha do Bananal (TO)

Reprodução / MMA Parque Nacional do Araguaia – Ilha do Bananal (TO)

Parque Nacional da Lagoa do Peixe (RS)

Reprodução Parque Nacional da Lagoa do Peixe (RS)

Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense (MT)

Araquém Alcântara Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense (MT)

Reserva de desenvolvimento Sustentável Mamirauá (AM)

Reprodução / Facebook Reserva de desenvolvimento Sustentável Mamirauá (AM)

Reserva Particular do Patrimônio Natural SESC Pantanal (MT)

Sílvio Vince Esgalha Reserva Particular do Patrimônio Natural SESC Pantanal (MT)

Reserva Particular do Patrimônio Natural Fazenda Rio Negro (MS)

Reprodução / Facebook Reserva Particular do Patrimônio Natural Fazenda Rio Negro (MS)

Parque Nacional Marinho dos Abrolhos (BA)

Reprodução Parque Nacional Marinho dos Abrolhos (BA)

Parque Estadual do Rio Doce (MG)

Reprodução / Wikipedia Parque Estadual do Rio Doce (MG)

Parque Nacional do Cabo Orange (AP)

Reprodução / Wikipedia Parque Nacional do Cabo Orange (AP)

Por conta da criação do tratado, o Comitê Permanente da Convenção de Ramsar instituiu o dia 02 de fevereiro como sendo o Dia Mundial das Áreas Úmidas (World Wetlands Day). A data é celebrada desde 1997.