Inventário online vai catalogar mais de um milhão de plantas

431 views
Flickr – mauroguanandi Cientistas agora vão começar a descrever as espécies.

O Brasil destaca-se no cenário mundial pela sua enorme biodiversidade. Afinal, são milhares as espécies de plantas e animais que habitam os ecossistemas de norte a sul do país – mais de 20% da diversidade mundial –, algumas ainda desconhecidas da comunidade científica e outras já em extinção.

Para organizar as informações já existentes sobre a fauna e garantir o monitoramento mais eficaz, em 2010 foi criado o projeto Flora do Mundo Online. O inventário já listou mais de 1 milhão de espécies conhecidas no mundo todo.

Com o objetivo de preservar o meio ambiente e traçar estratégias para impedir o desmatamento e, claro, que as plantas desapareçam em todo o mundo, a lista é organizada por botânicos e pesquisadores.

Projeto ganha nova fase

A ideia chega agora à fase de descrição de cada uma das espécies, que deve trazer informações sobre extinção, coloração, desenvolvimento, entre outros. Dentre as listadas, por exemplo, estão o Jardim Pau-rosa, pau-brasil e palmito-juçara. Todas elas, infelizmente, já correm risco de extinção.

O projeto foi desenvolvido pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro, em parceria com os jardins botânicos de Londres e de Edimburgo, no Reino Unido, e os de Nova Iorque e de St. Louis (Missouri), nos Estados Unidos.

Plataforma online ajuda a criar a lista

Por ser um projeto que envolve diversas nações, os desafios são enormes. Além da ausência de informações digitalizadas, é preciso padronizar o preenchimento dos dados e organização das listas.

Por isso, foram criados uma plataforma online, que deve ficar pronta até 2020, e um grupo de discussão para entender qual é a melhor forma de apresentar os dados online.

Além disso, um encontro entre as diversas equipes de cientistas e pesquisadores também foi promovido para entender como foi o processo da criação de cada inventário. Só no Brasil, já foram listadas cerca de 45 mil plantas.