Herbicidas: Conheça os prós e contras

708 Visualizações

Os herbicidas são compostos químicos utilizados na agricultura para controlar o desenvolvimento de ervas daninhas. As ervas são eliminadas quando disputam certos recursos com as cultiváveis, exemplo, água, sais minerais, espaço e outros.

Atualmente, os herbicidas possuem diversos tipos, ocupando o primeiro lugar no ranking, os a base de glifosato, sistêmicos não-seletivos, que eliminam qualquer tipo de erva daninha, sem distinção.

No entanto, ao mesmo tempo que esse composto ajuda a aumentar a demanda de alimentos e impulsionam a economia, também contribuem para a poluição ao meio ambiente, gerando doenças de irritação de pele ou até mesmo câncer.

Entender os prós e contras deste químico é importante, pois ajuda no momento de fazer escolhas na compra, pois você conhece sobre os produtos e entende o que ele pode fazer ou causar.

Conheça os prós:

Rendimento de colheita

As ervas daninhas competem com as lavouras por luz solar, nutrientes do solo e água.

Contudo, o uso de herbicidas elimina essa competição, permitindo maior rendimento da safra, menos escassez de alimento e menor preço dos alimentos.

Benefícios econômicos

De acordo com relatório da Delta Farm Press de 2013, estima-se que o uso de herbicidas impulsiona de US $ 16 bilhões para agricultores nos Estados Unidos a cada ano.

Além disso, eles reduziram os custos de controle de daninhas em US $ 10 bilhões, incluindo mais de US $ 1 bilhão em economia na remoção manual das ervas.

Paisagismo

Belas paisagens oferecem benefícios próprios. Sem as herbicidas, esses locais naturais podem ser empesteados com ervas daninhas, o que ocasionaria dificuldade em manter canteiros de flores e hortas.

Os contras:

Efeitos colaterais para a saúde

Os herbicidas representam perigo para a saúde de todas as pessoas, sejam elas trabalhadores de campo ou pessoas que compram alimentos cultivados com tais produtos químicos.

Sua exposição pode causar irritação na pele, na garganta e fossas nasais.

Resistência

Para manter as ervas daninhas afastadas, agricultores necessitam e acabam dependendo das herbicidas, pois as daninhas mostram resistência notável a esses produtos químicos e resistem aos seus efeitos.

Tal resistência aumenta os custos com as herbicidas, resultando em uma quantidade maior de química no solo.

Poluição

Um dos fatos que mais prejudicam o meio ambiente é a contribuição negativa que essas herbicidas químicas oferecem, poluindo o ar, a água e o solo.

Sem contar, que quando chove, a água da chuva transporta esses produtos químicos para outras áreas, podendo chegar em cursos d’água, afetando o habitat aquático e matando peixes, e afetando outros locais.