Guia reúne mais de 900 espécies de aves da Mata Atlântica

2.967 views

 

flickr.com / Rodrigo Soldon 2 A harpia é uma das espécies que se destacam no livro.

Mais de 1.300 ilustrações e um total de 927 espécies estão representadas no Guia Aves do Brasil: Mata Atlântica do Sudeste. De Robert S. Ridgely, John Gwynne, Guy Tudor e Martha Argel, desenvolvido em uma parceria entre a Wildlife Conservation Society (WCS) e a Editora Horizonte, o livro faz parte de uma série que aborda as aves de todos os biomas brasileiros.

Com uma linguagem simples, o guia tem 432 páginas e traz todas as espécies de aves da região, com ilustrações, mapas de distribuição e textos que permitem sua identificação – dicas para diferenciação de espécies semelhantes e breves descrições de comportamento e voz.

O livro também destaca os ambientes e especificações da Mata Atlântica, além dos desafios enfrentados para a sua conservação, com o objetivo de incentivar a observação dos animais.

O segundo livro da série traz as espécies dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, além do leste de Minas Gerais e sul da Bahia. As ilustrações foram realizadas por renomados artistas especializados em aves, como Guy Tudor, o maior ilustrador de aves sul-americanas.

flickr.com / Afonso de Bragança – (RJ) Outra espécie apresentada é a saíra sete-cores, uma das aves mais coloridas do Brasil.

Para a sua criação, o guia contou com o patrocínio da Fundação Grupo Boticário, da Fibria e de doações feitas por instituições e pessoas físicas à WCS nos Estados Unidos. O preço sugerido do Guia é de R$ 69,00.

Papagaio é o representante da Mata Atlântica

Entre as espécies apresentadas está a harpia (Harpia harpyja), também conhecida como gavião-real, a maior ave de rapina do Brasil e considerada a mais poderosa do mundo. Discreta, ela costuma ficar o tempo todo dentro da mata. Ainda assim, esta espécie é vítima de caçadores e traficantes de animais, fator que a coloca em situação de vulnerabilidade.

Além disso, destacam-se, ainda, três espécies de papagaio – peito-roxo (Amazona vinacea), cara-roxa (Amazona brasiliensis) e chauá (Amazona rhodocorytha) – que são exclusivas da Mata Atlântica e que melhor representam a beleza do bioma.