Campanha da ONU contra desastres já tem a participação de 226 cidades brasileiras

292 Visualizações

A preservação dos recursos naturais é um dos assuntos mais explorados hoje em dia. O uso desenfreado de bens não renováveis do planeta tem causado grandes perdas e consequências importantes no ambiente do planeta. Atualmente, existem 226 municípios brasileiros entre os dois mil participantes da iniciativa da ONU.

Com pouco mais de sete mil habitantes, a cidade de Águas da Prata, localizada no estado de São Paulo, é uma das representantes brasileiras do projeto global “Construindo Cidades Resilientes”, promovido pelo Escritório das Nações Unidas para Redução do Risco de Desastres.

wikipedia Município de Águas da Prata.

Segundo informações das Nações Unidas, Águas da Prata seria um exemplo de uma comunidade pequena no Brasil, na qual o risco de enchentes periódicas e deslizamentos de terra são constantes, atrapalhando seu desenvolvimento e de seus habitantes.

Desde 2014, o estado de São Paulo promove a campanha da ONU como parte de uma estratégia para o desenvolvimento sustentável. Atualmente existe uma média de uma cidade se juntando ao projeto a cada dois dias, no Brasil.

Lançada em 2010, a campanha “Construindo Cidades Resilientes” tem um período de ação de cinco anos. A ideia é estimular o maior número possível de governos locais a integrar o gerenciamento de riscos de desastres ao processo de desenvolvimento e, assim, aumentar a resiliência.

Já existe um Plano de Redução de Riscos de Desastres pós-2015 e a expectativa é que ele seja aprovado em março do ano que vem, no Japão. Assim, o trabalho de ênfase à resiliência nas comunidades com até 10 mil habitantes seria fortalecido.