Agente é suspenso após salvar vidas de filhotes de urso no Canadá

476 Visualizações
Facebook – North Island Wildlife Recovery Centre Pequeno casal de ursos ia ser abatido por invadir propriedade.

Dois filhotes de urso, um macho e uma fêmea, foram salvos pelas mãos do agente de conservação ambiental Bryce Casavant. Acompanhados da mãe, eles invadiram uma propriedade rural em British Columbia, no Canadá.

De acordo com o site The Dodo, a mãe foi sacrificada pelos bombeiros, mas o agente de conservação ambiental se recusou a abater os ursos órfãos e os levou para uma instituição que reabilita animais selvagens, a North Island Wildlife Recovery Association.

Por ter descumprido a ordem de matar os filhotes, Bryce Casavant foi suspenso pela corporação. Entretanto, a noticia gerou comoção entre os amantes e protetores de animais e deu origem a uma petição online, que já contava com 150 mil assinaturas atpe o último dia 11 de julho. O documento está no site Charge.org.

De acordo com informações publicadas no site Global News, o North Island Wildlife Recovery Association informou que os filhotes têm aproximadamente cinco meses de idade e estão bem. Batizados de Jordan e Athena, os ursos apresentam grandes chances de serem devolvidos à natureza.