A utilização do gás natural no Brasil

9.641 Visualizações
Gás natural veicular
Foto: ebah

O gás natural é uma mistura de hidrocarbonetos leves encontrado no subsolo através de jazidas de petróleo. Ele é resultado da degradação da matéria orgânica de outras eras acumuladas em rochas porosas e isoladas do exterior por rochas impermeáveis.

Sua composição pode variar muito dependendo de fatores relativos ao campo onde é produzido, tendo o metano como principal substância, responsável por mais de 70% da mistura.

No Brasil, a sua utilização iniciou-se nos anos 1940, na Bahia. Com a descoberta da Bacia de Campos, em 1970, a utilização de gás natural na matriz energética nacional teve um aumento de 2,7%.

Em 1999 entrou em operação o Gasoduto Brasil-Bolívia tendo um aumento expressivo da utilização do gás natural em usinas termoelétricas brasileiras. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), são 81 usinas termoelétricas movidas a gás. Com capacidade de transportar 30 milhões de metros cúbicos de gás por dia, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o Gasoduto fez com que houvesse uma oferta muito elevada e preços reduzidos, fazendo com que o gás natural correspondesse a 10% da matriz energética brasileira.

O gás natural é utilizado como combustível tanto em indústrias, como em casas e automóveis, sendo uma fonte de energia mais limpa que os derivados do petróleo e o carvão, porém ainda elimina gás carbônico em seu processo de queima. Sua grande vantagem também é o menor custo de manutenção com vida longa de seus equipamentos.

No setor automotivo, é utilizado para motores de ônibus, carros e caminhões, substituindo a gasolina e o álcool, podendo ser até 70% mais barato do que os outros combustíveis e menos poluente!

Gás natural
Foto: sprex

É utilizado como matéria-prima para geração de eletricidade em indústrias petroquímicas (plásticos, tintas, fibras sintéticas, borrachas) e para produção de metanol, amônia e ureia, substituindo óleos combustíveis, lenha e carvão.

É importante salientar que o gás natural é utilizado em residências e no comércio para aquecimento do ambiente e da água. O gás utilizado no fogão, popularmente chamado de gás de cozinha, é o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), gerado por mais processos de refino e estocagem, enquanto o gás natural é extraído diretamente dos reservatórios de petróleo.