Novos prédios de BH serão obrigados a reutilizar água

173 Visualizações
iStockphoto.com / silverjohn Ágiua coletada será usada em lavagens que áreas externas e irrigação de jardins.

Foi promulgada, em Belo Horizonte, uma lei que obriga todos os novos prédios da cidade a terem sistemas de reuso de água. A medida é um importante avanço contra o desperdício e já está valendo no município.

Os sistemas de reuso de água são focados nas “águas cinzas” que são aquelas usadas em pias, chuveiros e máquinas de lavar. O sistema recupera essas águas, as trata por meio de filtragem e as bombeia para outros tanques. Estes abastecem torneiras que são utilizadas para lavagens que áreas externas, irrigação de jardins, descarga de vasos sanitários e lavagem de carros.

Cerca de 50 a 80% do volume de água que vai para o esgoto é proveniente deste tipo de uso. Com o reaproveitamento a economia virá não só na prevenção do recurso natural como também na conta que os consumidores pagam. O custo para a implantação desses sistemas de reuso não é significativo e em pouco tempo representa um grande retorno financeiro.

A medida é obrigatória para prédios públicos e privados, sejam eles habitacionais ou comerciais, e para indústrias que tenham um consumo de mais de 20 mil litros de água por dia.

Que a lei se alastre por todas as cidades do país!