Dados sobre energia renovável no mundo

452 Visualizações
Energia Eólica
Foto: wastatednr

Em pauta nos últimos anos, a energia renovável tem sido implementada em diversos países ao redor do globo. São elas: solar (do Sol), eolica (dos ventos), hidráulica (dos rios), maremotriz (das ondas marítimas), biomassa (das matérias orgânicas) e geotérmica (do calor da Terra).

A energia eólica, por exemplo, é uma das tecnologias que vem crescendo no Brasil, podendo fazer do país um dos líderes na produção desse tipo de energia. Segundo a Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), nos próximos cinco anos, estima-se um mercado de R$ 25 bilhões para uma produção de 2,5 gigawatts (GW) por ano.

A associação também informa, através de estudos recentes, que o potencial interno do Brasil em energia eólica é da ordem de 300 GW. Com investimentos do BNDES será possível instalar pelo menos mil aerogeradores em média por ano no país. Hoje, para se ter uma ideia, existem 1.342 equipamentos funcionando em 71 parques eólicos.

De acordo com o Balanço Energético Nacional de 2012, 44,1% do total de energia produzida no Brasil vem de recursos renováveis. Muito acima da média global, estipulada em 13,3% pela Agência Internacional de Energia.

Biomassa
Foto: fotos_dos_ornelas

Um dos orgulhos brasileiros no setor de biomassa, a demanda por etanol deverá triplicar nesta década, passando de 27 bilhões de litros em 2010 para 73 bilhões em 2020, incluindo 6,8 bilhões de litros para exportação.

A biomassa corresponde a 15,7% do total de produção energética brasileira, segundo o mesmo balanço. Completam a conta os seguintes: hidráulica e eletricidade (14,7%), lenha e carvão vegetal (9,7%), outros renováveis (4,1%); já dos recursos não renováveis temos o petróleo e derivados (38,6%), gás natural (10,2%), carvão mineral (5,6%), urânio (1,5%).

Em padrões mundiais, o renomado relatório francês REN21 de 2013, mostra um crescimento orgânico pelo 8º ano consecutivo em investimentos no setor. Somente em energia solar teve 57% do total investido pelos países e o líder de investimentos em 2012 movimentou mais de US$ 140 bilhões.

Outro exemplo bem legal vem do Facebook. A rede social possui várias instalações de centros de dados e servidores. A mais nova da empresa, localizada na Suécia, é o primeiro centro de dados de informática a usar 100% de energia renovável. A quantidade de geradores de emergência conseguiu ser reduzida em 70%.